Crédito: F1 Mania - Foto: Mercedes/Instagram

Lewis Hamilton causou polêmica na Fórmula 1 neste fim de semana ao usar uma camisa que dizia ‘Prendam os policiais que mataram Breonna Taylor’. A mulher afro-americana foi morta a tiros pela polícia, e Hamilton quis fazer uma declaração clara sobre isso em Mugello. No entanto, a FIA pode não ser a favor dessa situação.

Na verdade, de acordo com o Daily Mail, a FIA lançou uma investigação sobre a camisa de Hamilton. Pilotos e equipes não podem fazer declarações políticas nos circuitos. Se o texto puder ser visto como uma declaração política, o britânico de 35 anos provavelmente receberá uma multa.

Hamilton já está na vanguarda da luta contra o racismo. A Fórmula 1 adotou o ‘Black Lives Matter’ e também dá aos pilotos a oportunidade de chamar a atenção para o assunto ajoelhando-se antes de cada GP. O seis vezes campeão mundial agora talvez tenha exagerado.

O jornal britânico escreveu que alguns dos principais pilotos da Fórmula 1 estão particularmente descontentes com a ação de Hamilton, porque a investigação sobre a morte de Talyor ainda está em andamento.