FIEPE discute desenvolvimento, produtividade e sustentabilidade durante reunião em Petrolina-PE

0
271
Por Carlos Laerte

Desenvolvimento, produtividade e sustentabilidade foram os temas principais da primeira reunião, em 2024, do conselho empresarial da Unidade Regional Sertão do São Francisco da Federação das Indústrias do Estado de Pernambuco (FIEPE/URSF). O encontro foi aberto, nesta quinta-feira (29), em Petrolina, pelo diretor regional da FIEPE no São Francisco, Albânio Venâncio, que destacou os avanços do segmento industrial na região e convocou o empresariado a unir forças para enfrentar os desafios, visando a geração de empregos, renda e crescimento do setor.

Convidado a apresentar o programa Brasil Mais Produtivo, do Governo Federal, o gerente de Tecnologia e Inovação do SENAI-PE, Carlos Vinotti, lembrou que a iniciativa foi amplamente reestruturada com o objetivo de elevar a produtividade e promover a transformação digital das micro, pequenas e médias empresas brasileiras, assim como apoiar o desenvolvimento de novas tecnologias no País. “No setor industrial, o programa tem como meta impactar até 200 mil empresas por meio da Plataforma de Produtividade e realizar mais de 90 mil atendimentos diretos dessas empresas”, ressaltou.

A assessora regional e representante da Agência de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco (Adepe), Virgínia Fialho, também falou em produtividade e desenvolvimento. Garantindo que Pernambuco é o melhor lugar para investir no Nordeste e que Petrolina está pronta para receber os investimentos, a assessora enumerou alguns motivos para acreditar no estado. “Possuímos uma estrutura sólida e favorável, mercado promissor e uma série de incentivos fiscais”, frisou. Virgínia Fialho acrescentou ainda que, em Petrolina, a Adepe tem 33 lotes disponíveis para indústrias e empresas se instalarem na região e concede desconto no terreno que vai de 30% a 80%, oferecendo 12 meses de carência e 36 meses para pagamento, dando um total de 48 meses. Além de um crédito presumido sobre saldo devedor de até 95% no ICMS. “Com as ações do programa PE Produz, estamos ampliando a interiorização do desenvolvimento econômico e abrindo grandes perspectivas para Petrolina e região”, frisou.

E para falar sobre sustentabilidade ambiental, o conselheiro regional da FIEPE e CEO da Sanvale Soluções Ambientais, Rogério Ribeiro, começou a apresentação, alertando para a importância do uso consciente dos recursos naturais na produção industrial. Na sequência, Ribeiro mostrou um vídeo destacando o trabalho da Sanvale nas áreas de gerenciamento ambiental; coleta e transporte de resíduos; acondicionamento e disposição final de resíduos industriais, agrícolas e comerciais, além da produção de compostos orgânicos para a agricultura; manufatura reversa e destinação final de eletroeletrônico.