O auxiliar Mauricio Souza comandará o time até o fim do Brasileirão.

Da Redação - Carlos Humberto

Renato Gaúcho em treino do Flamengo (Foto: Alexandre Vidal/CRF)

O Flamengo anunciou no começo da tarde desta segunda-feira (29), o desligamento de Renato Gaúcho da função de técnico do clube. A demissão acontece após perder o título de campeão da Libertadores para o Palmeiras, no sábado, em Montevidéu, no Uruguai.

A conversa aconteceu na Gávea, na reapresentação da equipe, e a diretoria optou pelo desligamento imediato do profissional, que tinha contrato em vigor até o final do ano. O clube usou as redes sociais para fazer o comunicado.

O desfecho já era esperado, visto que o cenário de pressão sobre o treinador crescia a cada partida da equipe. Os reveses para o Athletico, ao ser eliminado da Copa do Brasil, e para o Palmeiras na decisão da Libertadores foram cruciais para a queda do treinador, que desde o dia 10 de julho, quando chegou à Gávea, para substituir Rogério Ceni, nunca foi unanimidade no ambiente interno do clube, e passou a ser questionado por parte da mídia e até pela torcida rubro-negra.

O auxiliar Mauricio Souza comandará o time até o fim do Brasileirão.