Da Redação - por Carlos Humberto

Sonolento, o Flamengo não passou de um empate sem gols no Maracanã, contra o Vélez Sarsfield, na última partida da fase de grupos da Copa Libertadores.

Diego Flamengo x Vélez Libertadores 2021 Foto Staff Images-Conmebol (2)

Mesmo assim, o resultado garantiu o primeiro lugar no grupo G, com 12 pontos, seguido pelo próprio Vélez, que terminou a fase em segundo com dez.

À exceção de Bruno Henrique e Willian Arão, cumprindo suspensão, Rogério Ceni colocou em campo todos os titulares, inclusive repetindo a dupla de atacantes Pedro e Gabigol, escalados juntos pela oitava vez.

No entanto, a pouca inspiração dos jogadores do meio de campo não foi capaz de alimentar os dois artilheiros que passaram em branco diante dos argentinos.

A partida pode ter sido a última dos meias Gérson e Everton Ribeiro com a camisa rubro-negra. Os dois jogadores estão em negociações avançadas para se transferir para o exterior.

Próximo compromisso

Domingo, dia 30, o Flamengo recebe o Palmeiras no Maracanã, na estreia das equipes no Campeonato Brasileiro. A partida começa às 16 horas.

Outros resultados

Em outro jogo da noite, com a participação de um brasileiro, o Palmeiras atropelou o Universitário por 6 a 0 e terminou a fase na liderança do grupo A, com 15 pontos.

FICHA TÉCNICA

Flamengo 0x0 Vélez Sarsfield

Copa Libertadores – 6ª rodada – Grupo G

Data: 27 de maio de 2021, quinta-feira

Horário: 21 horas

Local: Estádio Maracanã, Rio de Janeiro

Arbitragem: Leodán González (Uruguai). Assistente 1: Richard Trinidad (Uruguai). Assistente 2: Andrés Nievas (Uruguai).

Flamengo: Diego Alves; Isla, Rodrigo Caio, Gustavo Henrique (Leo Pereira) e Filipe Luís; Diego (Vitinho), Gérson (João Gomes), Arrascaeta e Everton Ribeiro (Hugo Moura); Pedro (Rodrigo Muniz) e Gabigol. Técnico: Rogério Ceni

Vélez: Hoyos; Guidara, Giannetti, De Los Santos e Ortega; Mancuello (Poblete), Cáseres, Janson (Centurion) e Almda (Tarragona); Lucero (Pelegrino) e Bouzat (Brizuela). Técnico: Maurício Pelegrino

Cartão vermelho: Ortega, aos 48 minutos do segundo tempo.