Da Redação
Arrascaeta, destaque de Flamengo 3×1 Coritiba (foto: Alexandre Vidal/CRF/Divulgação)

No quarto jogo sob o comando do técnico Rogério Ceni, o Flamengo encontrou o caminho das vitórias e bateu o Coritiba no Maracanã por 3 a 1, neste sábado, em partida válida pela 22ª rodada do Brasileiro da Série A.

Bruno Henrique e Arrascaeta, no primeiro tempo, e Renê, no segundo, foram autores dos gols rubro-negros. Mateus Oliveira descontou para o Coxa aos 47.

Coletivamente foi a melhor partida da equipe carioca com Rogério Ceni no banco. O meio de campo criativo formado por Arão, Gérson, Arrascaeta e Everton Ribeiro foi produtivo e ditou o ritmo nos dois tempos, com o uruguaio Arrascaeta se destacando individualmente. Por duas vezes a bola acertou as traves do goleiro Wilson, em lances claros de gol.

Com a vitória, o Flamengo salta para 39 pontos e assume a liderança provisória, com um ponto a mais que o Atlético Mineiro, enquanto o time paranaense estaciona no 18º lugar com 20.

Segue a tabela

Pelo Brasileiro, o Flamengo só volta a jogar em dezembro, quando enfrenta o Botafogo no Nilton Santos pela 24ª rodada. Antes, na terça-feira (24), o time rubro-negra vai a Buenos Aires enfrentar o Racing no jogo de ida da Libertadores. O encontro do Flamengo contra o Grêmio, pela 23ª rodada, foi adiado e ainda não tem data para ser realizado. Já o Coritiba recebe o Corinthians no Couto Pereira na quarta-feira (25) pela 23ª rodada do Brasileirão.

FICHA TÉCNICA

Flamengo 3×1 Coritiba

Campeonato Brasileiro Série A – 22ª rodada

Data: 21 de novembro de 2020 (sábado)

Horário: 19 horas

Local: Maracanã

Arbitragem: Ricardo Marques Ribeiro, Guilherme Dias Camilo e Marcus Vinicius Gomes

Gols: Bruno Henrique, aos 3 e Arrascaeta aos 26min do 1º tempo; Renê, aos 30, e Mateus Oliveira, aos 47, para o Coritiba.

Flamengo: Diego Alves; Isla (Mateusinho), Thuler, Léo Pereira e Renê; Willian Arão, Gerson (Diego), Arrascaeta e Everton Luiz (Lazaro); Bruno Henrique (Michael) e Vitinho (Pedro Rocha). Técnico: Rogério Ceni

Coritiba: Wilson; Rodolfo Filemon, Nathan Silva (Brayan) e Sabino; Mailton (Jonathan), Matheus Sales, Matheus Galdezani (Yan Sasse), Giovani Augusto e William Mateus; Robson (Matheus Bueno) e Osman (Mateus Oliveira). Técnico: Rodrigo Santana