O general Walter Braga Netto chegou a acionar gente próxima ao ministro da Saúde, com medo de que ele abandonasse o ‘paciente’

Veja.com

Furioso com a sabotagem de Jair Bolsonaro, que na segunda-feira ameaçou demiti-lo do governo, Luiz Henrique Mandetta cogitou, sim, abandonar o “paciente” Brasil e pedir o boné.

Chefe da Casa Civil e novo tutor de Bolsonaro, o general Walter Braga Netto chegou a acionar gente próxima ao ministro dentro do governo para acalmá-lo. Mandetta não pediu demissão por pouco.