Por Tony Martins

Morreu na quarta-feira (15/07/2020), aos 68 anos, Juscelino Nascimento Souza, o ex-jogador Celino, que atuou no futebol de Juazeiro nas décadas de 1960/70. Ele estava internado num hospital da cidade, em função de uma infecção generalizada que culminou com seu falecimento no dia de ontem.

O gosto pelo futebol, Celino herdou de se pai, Getulino Bispo que foi dirigente e atleta do Esporte Clube Baiano, nos anos de 1930, época em que o futebol de Juazeiro era praticado no campo do Veneza.

Celino quando garoto fez parte de uma geração comandada por Catroca (em Petrolina) e Raimundo Amarildo (em Juazeiro) que treinavam grandes valores do futebol das duas cidades, onde se destacaram vários jogadores como  Bosquinho de Aragão, Surupapo e Surucanga, Garrinchinha, João Cobrinha (Nunes), João Cagadinha, Zé Alberto Matos, Aécio e Zé Petrolina, entre tantos que depois se tornaram estrelas do futebol da região do são Francisco.

 Em 1972, por exemplo, Celino fez parte da seleção de jovens de Juazeiro comandada por Raimundo Amarildo, que empatou com o Vitória numa partida, amistosa realizada no estádio Adauto Moraes. Mesmo não sendo titular, ele era sempre utilizado pelo treinador.

Entre 1970 e 1980 Celino atuou pelo Veneza, Olaria, XV de Novembro, Carranca e Juventus, atuando no meio campo e, às vezes, na lateral direita. Ainda jogou no estado do Espírito Santo, onde teve uma rápida passagem.