Gestão e sustentabilidade pautam V Simpósio de Saúde Suplementar das Unimeds da Bahia e Pernambuco

0
246

Por Carlos Laerte / Clas Comunicação

“O futuro da saúde suplementar passa por garantirmos um tripé: o da segurança assistencial, da segurança jurídica e da segurança econômico-financeira”. A afirmação é do presidente da Unimed do Brasil, Omar Abujamra Júnior, durante a abertura da V edição do Simpósio de Saúde Suplementar das Unimeds da Bahia e Pernambuco, na tarde desta quinta-feira (31), no auditório da Fundação Nilo Coelho, em Petrolina – PE.

Falando para um público de mais de 200 pessoas, entre dirigentes, cooperados e colaboradores, o representante do maior sistema de cooperativas médicas do mundo e líder no segmento de saúde suplementar no Brasil, acrescentou que a sustentabilidade da Unimed é uma condição ‘sine qua non’ para a inclusão das pessoas. Ainda na cerimônia de abertura, fizeram o uso da palavra, Helton Freitas – Seguros Unimed, José Augusto – Unimed Nacional, Adelson Chagas – Unimed Participações, Maria de Lourdes Correa de Araújo – presidente da Unimed Federação Pernambucana: João Carlos Cavalcante – Unimed Federação do Estado da Bahia e o presidente da Unimed Vale do São Francisco, Francisco Otaviano.

Na sequência, o público pôde conferir a palestra magna com o tema ‘O Futuro do Cooperativismo Médico na Saúde Suplementar’, ministrada pelo presidente da Unimed do Brasil, Omar Abujamra Júnior, e também participar ativamente de uma mesa para discussão dos ‘Aspectos Jurídicos na Saúde Suplementar e Atualização sobre Aspectos Regulatórios’, que teve como mediador, Lázaro Carvalho, assessor jurídico da Unimed Vale do São Francisco e o palestrante Jeber Juabre Júnior, superintendente jurídico da Unimed Nacional. A programação do primeiro dia do V Simpósio de Saúde Suplementar das Unimeds da Bahia e Pernambuco, teve ainda uma mesa sobre gestão de sinistralidade e no encerramento, uma palestra com o tema inovações tecnológicas na saúde suplementar e suas repercussões.

O Simpósio prossegue na manhã e tarde desta sexta-feira (1º), com uma programação que inclui temas a exemplo de cuidados paliativos, resiliência e perenidade no cooperativismo, construção de um ecossistema para as cooperativas Unimed, cooperativismo e reforma tributária, judicialização em saúde e suas repercussões para à sociedade e operadoras de planos de saúde e como encantar o cliente?