Correio da Bahia

Centroavante do Bahia passou à frente de Edson Cariús, do Ferroviário, e Ricardo Oliveira, do Atlético-MG

O atacante Gilberto fez os dois primeiros gols do Bahia na goleada de 5×0 sobre o Altos, neste sábado (2), pela Copa do Nordeste, e com isso chegou a 11 em dez partidas no ano. Ninguém fez mais gols do que ele no Brasil em 2019.

O camisa 9 tricolor passou o antigo líder Edson Cariús, do Ferroviário, que marcou dez gols em 11 partidas até então. Deixou para trás também Ricardo Oliveira, com quem estava empatado e é considerado uma referência pelo próprio Gilberto. O atacante do Atlético-MG fez nove gols em sete partidas.

“Se eu te falar que sonhei com isso, vou estar mentindo. Meu começo de temporada é um dos melhores que já tive, estar brigando pela artilharia do Brasil junto com um cara que para mim é um ícone, um cara que eu respeito e me espelho bastante, que é Ricardo Oliveira. Ele e Fred para mim são dois expoentes no Brasil. E hoje estar à frente deles, eu fico muito feliz”, comentou o centroavante do Bahia após o jogo no estádio Albertão, em Teresina.

Em dez jogos neste ano, Gilberto já fez mais gols do que nas 25 partidas que atuou pelo Esquadrão em 2018. No ano passado, marcou nove vezes. Ele compartilha os louros com os demais jogadores e com o técnico Enderson Moreira. “Sempre esperando a ajuda dos companheiros. O treinador também está de parabéns por tudo que vem fazendo por mim, me ajudando bastante a melhorar em diversos setores: marcação, finalização… Tudo está ajudando a me colocar nessa situação hoje”, ponderou.

O centroavante marcou dois gols no Campeonato Baiano, dois na Copa do Brasil e sete na Copa do Nordeste, da qual é artilheiro. Ele detalhou o gol de letra marcado neste sábado, o primeiro da goleada. “Tem alguns fatores ali para tomar a decisão. Eu também estava passando do primeiro pau e não tinha como virar o pé e o goleiro não pegar a bola. É um recurso ali rápido, uma decisão rápida, graças a Deus fui muito feliz. Estou feliz não só por mim, mas também pelos meus companheiros que estiveram em campo”.