Da Redação – por Jota Jota

VÔLEI DE PRAIA – FEMININO

Brasileiras perdem para suíças e dão adeus aos Jogos oOlímpicos na madrugada desta terça-feira, por 2 sets a 1, partida decidida no tie-break, com parciais de 19/21, 21/17 e 10/15. Ana Patrícia e Rebeca, foram derrotadas por Vérge-Dépré e Heidrich.

Com este resultado, o vôlei de praia do brasil, que chegou com esperanças de medalha, como sempre aconteceu, teve as duas duplas eliminadas, e o Brasil, que contabilizava medalhas no feminino ficam guardadas para Paris.

VÔLEI DE QUADRA – MASCULINO

Brasil e Japão entraram em quadra em busca de passarem paras as semifinais do vôlei masculino, com o time brasileiro, vindo de uma partida bem desgastante contra os franceses, com pouco mais de 3 horas de duração, e com os japoneses atuando em casa.

Em um jogo bem disputado, em que os brasileiros mais uma vez souberam se impor, tiveram a paciência necessária, contra um time que se defende muito bem, e venceram por 3 sets a 0, com parciais de 25/20, 25, 23 e 25/20. Já nas semifinais, o Brasil volta a encontrar a Rússia, para quem perdeu a única partida na fase de classificação.

CANOAGEM – C-2

Os brasileiros Isaquias e Jacky, chegaram apenas em quarto lugar e não conseguiram o pódio. A medalha de ouro ficou para Cuba. Isaquias ainda voltará a competir, agora sozinho nos 1.000 metros no C-1.

VELA: É OUROOOOO

Martine Grael e Kahena chegaram na última regata dependendo só de si para serem campeãs, mas em uma prova que tinha cinco duplas na luta direta pelo pódio, estas ficaram para trás. As brasileiras conseguiram o ouro para o Brasil, chegando na última regata na terceira posição, tornando-se bicampeãs olímpicas. Festa brasileira com a terceira medalha de ouro nestes jogos.

ATLETISMO – BRONZE 400 METROS COM BARREIRA COM ALISSON DOS SANTOS

Pio, o Alisson dos Santos 21 anos, natural de São Joaquim da Barra, conterrâneo de Ana Maria Braga, que começou em um projeto social, conseguiu a medalha de bronze, na final olímpica dos 400 metros com barreira, mais uma medalha para o time Brasil, na madrugada de terça feira. São Joaquim da Barra, no interior do estado de São Paulo, está em festa com Pio, seu filho medalhista olímpico.

BOXE: BAIANA BIA JÁ GARANTIU MEDALHA PARA O BRASIL

A pugilista baiana Bia, campeão do mundo no peso leve até 60 Kg, já garantiu uma medalha na manhã desta terça feira, ao bater por decisão unânime dos juízes, a uzbeque Rayhkona Kedirova, nas quartas de final do boxe feminino.

Bia se classificou para a semifinal, e com isso garantiu no mínimo a medalha de bronze, porque no boxe, não tem disputa de terceiro lugar, os dois derrotados, recebem o bronze, e Beatriz Ferreira, disse que agora é a hora de mudar de cor a medalha já conquistada.

FUTEBOL MASCULINO: BRASIL FINALISTA

Nos pênaltis, o Brasil superou o México por 4 a 1 e garantiu vaga na final dos Jogos Olímpicos de Tóquio. No tempo normal e prorrogação o placar se manteve inalterado. O adversário na final sairá do confronto entre Espanha e Japão. Nas três últimas Olimpíadas, 2012, 2016 e 2020, o Brasil chegou à final e poderá se tornar bicampeão no Japão.