A Suécia conquistou hoje sua vaga nas quartas de final da Copa do Mundo feminina de 2019, na França. Jogando pelas oitavas no Parc des Princes, em Paris, o time comandado pelo técnico Peter Gerhardsson venceu o Canadá por 1 a 0, graças a um gol de Stina Blackstenius no segundo tempo, e se garantiu entre as oito melhores equipes da competição.

Classificadas, as suecas agora enfrentarão a Alemanha na próxima fase, em uma revanche da final do Mundial de 2003 – na ocasião, as alemãs venceram por 2 a 1. A partida acontece no sábado (29), no Rhoazon Park, em Rennes.

Na partida de hoje, após um primeiro tempo no 0 a 0, as suecas chegaram ao gol. Aos 10 minutos da etapa final, após uma roubada de bola na defesa, a seleção europeia avançou em rápido contra-ataque; Kosovare Asllani alçou a bola no ataque pela esquerda, e Stina Blackstenius tocou na saída da goleira Stephanie Labbé para inaugurar o marcador.

A própria Asllani, porém, quase virou vilã dez minutos depois: após chute a gol de Desiree Scott, a bola atingiu o braço da camisa 9 dentro da área. A árbitra Katherine Jacewicz revisou o lance junto ao VAR e assinalou o pênalti. Aos 23 minutos, Janine Beckie bateu, mas a goleira Hedvig Lindahl foi buscar no canto direito e espalmou para escanteio.

Crédito: UOL Esporte