Texto: Maria Akemi

Se a notícia da Copa América ser realizada no Brasil pegou os brasileiros de surpresa, o Governo de Pernambuco também foi pego de “calças curtas” nesta segunda-feira (31). Em nota oficial, o Estado informou que não foi procurado pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

E que, diante do cenário da pandemia, não há viabilidade para realização da competição (confira a nota ao final da matéria). Enquanto isso, em Brasília (DF) o PSB já quer acionar o Supremo Tribunal Federal (STF), para barrar o evento. Júlio Delgado (PSB-MG) disse ao Correio Braziliense que “essa Copa América aqui, num momento em que há risco de terceira onda, é uma insanidade”.

Confira a seguir a nota oficial do Governo de Pernambuco sobre a competição:

“O Governo de Pernambuco monitora, de forma permanente, por meio do Gabinete de Enfrentamento à Covid-19, os indicadores da doença no Estado. Nas últimas semanas, foi identificada uma nova aceleração dos casos, que motivou novas medidas restritivas no Agreste e na Região Metropolitana.

Apesar de ainda não ter sido procurado oficialmente pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF), o Governo do Estado reforça que o atual cenário epidemiológico não permite a realização de evento do porte da Copa América no território de Pernambuco.”