Ascom Sesab

Com o investimento de aproximadamente R$ 2 milhões entre obras e equipamentos, o Governo do Estado triplicou o número de leitos na Unidade de Emergência de Pirajá, em Salvador, saltando de nove para 27 leitos voltados, prioritariamente, ao atendimento de pacientes graves.

De acordo com a secretária da Saúde da Bahia, Tereza Paim, “estamos requalificando e ampliando a capacidade de atendimento em todas as unidades estaduais. Em 2019, a Unidade de Emergência de Pirajá possuía apenas nove leitos que acolhiam adultos e crianças. Agora são 22 leitos para adultos e cinco exclusivos pediátricos, com uma estrutura que conta com 14 respiradores, 23 monitores multiparamétricos, 24 pontos de oxigênio, além de leitos de estabilização e isolamento”, afirma a secretária.

O diretor-geral da unidade, Erenilton Café, explica que “a nova estrutura está completamente climatizada, com prontuário eletrônico implantado, eliminando a necessidade de papel, e com internet sem fio disponível para pacientes, acompanhantes e profissionais”, ressalta o diretor.

A unidade ainda ganhou dois novos postos de enfermagem, ampliou a equipe de profissionais e tem a capacidade para atender mais de 5 mil pacientes por mês, tendo prioridade os classificados como vermelhos e amarelos, a exemplo de vítimas de AVC, infarto e politraumatismo.

A unidade é referência para a população do subúrbio ferroviário e os bairros de Valéria, Castelo Branco, Lobato e de Pirajá. Para dona Berenice do Nascimento, líder comunitária de Pirajá, “a nova unidade vem trazer melhor atendimento, humanizado e de qualidade para a nossa comunidade”.

Investimentos

Somente na capital baiana, mais de R$ 300 milhões foram investidos pelo Governo do Estado no fortalecimento do atendimento da urgência e emergência nos últimos anos, como a construção do HGE 2, Instituto Couto Maia (Icom) e a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de São Caetano. Também foram ampliadas e requalificadas as emergências dos hospitais Ernesto Simões Filho (HGESF) e Roberto Santos (HGRS), bem como as Unidades de Emergência de Cajazeiras e do Curuzú.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here