Da Redação
Felipão técnico do Gremio – Foto Lucas Uebel-Gremio-Divulgação

Felipão não resistiu ao quarto tropeço seguido do Grêmio no Brasileiro e foi demitido na madrugada desta segunda-feira pela diretoria Tricolor. Ídolo gremista, Luiz Felipe Scolari sucumbiu à péssima campanha do time, que não consegue sair da zona de rebaixamento e vem de três derrotas seguidas (Athletico, Sport e Santos e empate com o Cuiabá).

Foi a quarta passagem de Felipão pelo Grêmio, iniciada em julho, com contrato previsto para final de 2022, mas o risco de rebaixamento cada vez maior deixou a situação insustentável.

Junto com Felipão sai toda comissão técnica. Na partida da próxima quarta-feira, contra o Fortaleza, o time será comandado pelo auxiliar Thiago Gomes.