Ídolo do Vitória e Avaí, ex-jogador Dão é recebido pelo presidente da FBF

Comunicação FBF

João Carlos Rocha foi um jogador de futebol que fez sucesso no futebol baiano. Pelo nome de batismo, talvez poucos saibam de quem se trata.

Mas, certamente, todo os torcedores que acompanharam o Vitória na década de 90 conhecem o famoso Dão, apelido que carregou e fez história no esporte.

Atacante rápido e habilidoso, Dão chamou atenção do país vestindo a camisa rubro-negra. Entre 1992 e 1995, conquistou dois títulos baianos, um vice-campeonato brasileiro da Série B e ainda fez parte do elenco que alcançou o maior feito do clube, a disputa da final do Brasileiro de 1993, quando foi derrotado pelo Palmeiras e ficou com o vice-campeonato.

O ex-atleta também se destacou fora da Bahia. No Avaí, clube que defendeu até 2000, tornou-se ídolo. Por lá, foi campeão catarinense e brasileiro da Série C, antes de encerrar a carreira no rival Figueirense.

Após quase duas décadas longe dos gramados, Dão segue colaborando com o esporte. Hoje, aos 53 anos, ele utiliza toda a experiência adquirida para comandar a diretoria de esportes de Sento Sé, sua cidade natal, localizada no Vale São-Franciscano.

Nesta quinta-feira (29), o ex-jogador esteve na sede da Federação Bahiana de Futebol. Recebido pelo presidente da entidade, Ricardo Lima, ele apresentou seus projetos para fomentar o futebol no município.

O dirigente retribuiu a visita garantindo o apoio da FBF para fortalecer o esporte na cidade.