Inspetor-Chefe da Guarda Civil Municipal de Juazeiro faz balanço da atuação da instituição no enfrentamento ao coronavírus e H1N1 no município

Ascom GCM/CSTT

Uma semana após entrar em vigor o decreto municipal com medidas preventivas para enfrentamento ao coronavírus (COVID-19) e ao H1N1 em Juazeiro, o Inspetor-Chefe da Guarda Civil Municipal (GCM), Israel Marcos dos Santos, fez uma análise das ações desenvolvidas pela instituição no período.

“O balanço é positivo. Inicialmente porque a gestão municipal deu total apoio e isso tem contribuído para o sucesso da ‘Operação Protetor e Amigo’. Destaco também o alinhamento com os outros órgãos do estado e do município, que tem fortalecido essa luta de combate ao coronavírus e ao H1N1. Não podemos esquecer a população que tem compreendido que o momento é crítico e não estão dificultando nosso trabalho”, pontua.

Com a decisão do Comitê Municipal de Prevenção e Enfrentamento ao novo coronavírus (COVID-19) e do prefeito Paulo Bomfim de prorrogar as medidas preventivas no município até 13 de abril, a GCM continuará com sua escala em regime especial. Foram canceladas férias, licenças e dispensas de servidores da Guarda Municipal durante este período para que todo efetivo fique à disposição da Instituição.

“Um agradecimento especial a todos os guardas que estão engajados nessa luta. Estamos trabalhando 24 horas por dia, com toda nossa corporação, atendendo a população através do número 153”, concluiu Israel.