Jacobinense tentou, mas interdição virou perda de mando de campo

Decisão está confirmada para o Barracão neste sábado, às 14h45.

Da Redação

No dia 1º de agosto, os advogados do Jacobinense tentaram derrubar a decisão do TJDF/BA da interdição do Estádio José Rocha, apresentando laudos que comprovam a liberação do estádio para jogos. No entanto, o Sr. LUIZ GABRIEL BATISTA NEVES, Presidente do TJDF/BA, analisando toda a situação, e buscando as infrações em que o clube estava sendo acusado, REVERTEU a pena de INTERDIÇÃO do estádio, para a PERDA DE MANDO DE CAMPO, confiram o despacho.

“Por todas essas razões, CONVERTO A INTERDIÇÃO do Estádio José Rocha em PERDA DO MANDO DE CAMPO ao JACOBINENSE ESPORTE CLUBE (Pituaçu), nos termos do art. 213, I, do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), na condição de medida cautelar, até o julgamento definitivo do processo. DEFIRO, ainda, o pedido da FEDERAÇÃO BAHIANA DE FUTEBOL para que seja realizada a partida da SELEÇÃO DE JACOBINA X SELEÇÃO DE MAIRÍ, no Estádio José Rocha, programada para o próximo domingo, dia 07/08/2022, às 15:00h, pelo Campeonato Baiano de Futebol Intermunicipal Ednaldo Rodrigues Gomes, já que ficou provada as boas condições de funcionamento do equipamento esportivo. Fica mantida a determinação de que o Departamento de Competições da Federação Bahiana de Futebol – DCO, programe a próxima partida do JACOBINENSE (Pituaçu) em distância superior a 100 (cem) Km da Cidade de Jacobina – BA, com base no art. 64, §1º, do Regulamento Geral de Competições da CBF2 . Cientifique-se os representantes do JACOBINENSE ESPORTE CLUBE (Pituaçu) e da FEDERAÇÃO BAHIANA DE FUTEBOL, para execução e cumprimento integral desta decisão.

Cumpra-se.

Publique-se.

Salvador, Bahia, 02 de agosto de 2022.

LUIZ GABRIEL BATISTA NEVES

Presidente do TJDF/BA”

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here