Dos baianos, só o Bahia perdeu neste sábado

Por Jota Jota
Jota Jota

Foi um sábado de muito futebol, que envolveu os clubes baianos nas séries A, B e D, onde a dupla BA VI, Bahia de Feira e Atlético de Alagoinhas entraram em campo para cumprir mais uma rodada dos seus respectivos campeonatos.

VITÓRIA

Foto: Letícia Martins/ECV/Divulgação

Sem mostrar um futebol convincente, e tomando logo de cara um susto, o Vitoria bateu o lanterna Oeste de Barueri por 3 tentos a 1, depois de sair perdendo, em uma partida cujos erros do elenco, e do treinador Bruno Pivetti, ficaram evidenciados na etapa primeira, que terminou empatada por um tento. Um primeiro tempo em que o time rubro negro, mais uma vez não jogou, e deixou que a fraca equipe do interior paulista, sentisse o gostinho de estar momentaneamente fora do Z-4, conseguindo o empate ao apagar das luzes do primeiro tempo.

De novo, e outra vez, a bomba de Carletto, foi a responsável pelo gol de empate, marcado por Léo Ceara, o que deu tranquilidade para que o treinador Pivetti, pudesse reorganizar seu time, e mudar algumas peças, que surtiram efeito, ou seja, o técnico reparou em tempo os seus próprios erros. Com as mudanças, e a queda no vigor físico dos visitantes, o Vitoria chegou ao segundo e terceiro gol, triunfando em casa, e encostando no G-4. Nada de time espetacular, não me venham com tais argumentos, ainda falta muito para o time ficar bom. Importante os três pontos somados, e o dever de casa feito.

BAHIA DE FEIRA & ATLÉTICO ALAGOINHAS

Ambos também jogaram neste sábado 26, pela segunda rodada da série D, buscando suas reabilitações, já que perderam seus jogos na rodada inicial da competição. O Bahia de Feira que estreou Arnaldo Lira, que veio para o lugar de Barbosinha, se redimiu da derrota para o Tupynambas, bateu em casa por dois a zero o outro mineiro do grupo 6, o Vila Nova de Nova Lima, e somou seus três primeiros pontos. O Atlético de Alagoinhas, foi até a temática Poços de Caldas, e venceu a Caldense por três tentos a zero, também dando a volta por cima, já que perdeu em casa seu primeiro jogo, para a Sociedade Esportiva do Gama, que lidera o grupo com seis pontos ganhos, o mesmo número do Gama, segundo colocado, Bahia de Feira e Atlético são quarto e quinto colocados respectivamente, com 3 pontos ganhos.

BAHIA

Foto: Bruno Queiroz/ECB/Divulgação

Ainda não foi desta vez, que o Bahia, conseguiu dar início à sua recuperação dentro da série “A”, ao perder para o Athletico do Paraná, por um tento a zero em Curitiba, e assim permanecendo na zona de rebaixamento. Com algumas mudanças no time, Mano Menezes vem buscando alinhar sua equipe, que mais uma vez, mostrou falhas, e pouca objetividade no setor ofensivo. Uma partida, em que o time paranaense, teve a maior posse de bola, mas sem levar perigo ao gol de Douglas, que trabalhou pouco, e tomou um gol, na falha de posicionamento de seus zagueiros, Apesar de não jogar bem, o Bahia teve oportunidade de empatar o jogo e somar um ponto na tábua de classificação. Mas o goleiro Santos, impediu que o time da cidade tricolor, chegasse ao empate. É a terceira partida de Mano Menezes, e sua terceira derrota, com apenas dez dias à frente do elenco. E o Bahia, foi o único baiano em campo no sábado, que fora derrotado.

CONCEITO

Ainda sou da opinião que os dois times da capital continuam precisando de reforços, e os que já estão nas duas casas, precisam ser aproveitados, só assim se vai mudar a performance e melhorar as atuações da dupla BA VI. Ainda posso contestar o trabalho de Pivetti, que na minha modesta opinião, começou errando na escalação, e posteriormente, corrigiu seu próprio erro, e ainda bem que fora em tempo. Já no Bahia, Mano Menezes, continua vendo os erros serem repetidos, teve uma semana para treinamentos, mas não conseguiu dar um rumo ao seu time, que continua letárgico, e o ataque não vem funcionando a muito tempo, o que impede do clube reagir na tábua de classificação.

Os do interior estão começando agora, e com 50% de aproveitamento, o que não é ruim, para Atlético de Alagoinhas, Bahia de Feira e do Vitoria da Conquista, que joga no domingo 27 diante do Frei Paulistano no interior de Pernambuco, em busca do seu segundo triunfo.

Agnaldo Liz merece aplausos, venceu fora de casa a primeira na série D, batendo a Caldense em Poços de Caldas por 3 a 0 e assume a quinta posição, com os mesmos três pontos de Brasiliense, Bahia de Feira que ganhou em casa hoje por dois a zero do Vila Nova de MG, que também tem o mesmo número de pontos. Palmas para os do interior.

#PRONTOFALEI.