Jota Jota: Atenções voltadas para a Série “D”

A Bahia esportiva, de um modo geral, está toda ela voltada para Juazeirense e Jacuipense que neste domingo jogam sua última cartada, para adentrarem na série C em 2020, isso, se conseguirem repetir suas performances dentro da competição, que até aqui, foram elogiosas.

A Juazeirense leva para o interior de Santa Catarina, a chance de jogar por um empate contra o Brusque, já no jogo de ida, venceu por 1 a 0, jogando no Adauto Moraes, e para sua tranquilidade, a CBF, manteve escalar um árbitro FIFA. Marcelo de Lima Henrique, vai dirigir o encontro, ele que apitou o empate entre Floresta e Jacuipense.

Já o Jacuipense, atuará com o resultado em aberto, tendo como única vantagem, é a de jogar em seus domínios, onde se mantém invicto dentro do certame. Qualquer um que vencer no tempo normal, por resultado simples, estará classificado para as semifinais, e consequentemente, vai para a série C, e mantendo o critério, Dewson Fernando Freitas, também árbitro FIFA da Federação do Pará.

Como termômetro do apoio dos torcedores baianos, são as conversas nos bares, que além de discutirem Bahia e Vitória, ouve-se com carinho, as opiniões sobre os dois representantes do interior, e com um otimismo evidente, achando que serão sim capazes de conseguirem as vagas. São torcedores, que inclusive por aplicativos, revelam estarem acompanhando de perto, as transmissões dos jogos.

Como será bom, mas muito bom mesmo para o futebol baiano, se ambas as agremiações, obtiverem seus êxitos, elevando os nomes de suas cidades sedes, Riachão do Jacuípe e Juazeiro.

Para cima deles, rapaziada.

#PRONTOFALEI.