Falôôô... A opinião de Jota Jota
Jota Jota

Com as atenções voltadas para as séries “A” e “B” do Brasileiro, onde os clubes de Salvador, considerados grandes, passam por um aperreio fora do comum, me deparo com o calendário esportivo da F.B.F., a madrasta deste futebol tupiniquim, com datas estipuladas para cada competição em 2021, claro que observando a danada da Pandemia, que não acabou. Bendita seja esta vacina.

Pois bem, se não bastasse a resolução engavetada, e continuando tendo apenas um clube acessando à elite, me deparo com a infame quantidades de datas, para que os clubes da série “B” possam disputar o certame. Pasmem os senhores, teremos pouco mais de 30 dias de competição. Sim foi isso mesmo que os senhores acabaram de ler, trinta e poucos dias de competição. E olhem, só terá seu início em 5 de outubro, terminando em 21 de novembro.

Será que os abnegados dirigentes do futebol pelo interior, são PALHAÇOS e ou ABESTALHADOS, para montarem um elenco durante 90 dias, e jogarem 30, com todas as obrigações que uma competição exige? Inscrições de atletas, pagamento de taxas, salários de 90 dias, para serem utilizados 30 em competições, mais viagens, lavadeira, material esportivo, e salários que não podem, e nem devem atrasar.

Porque não estender as datas, dando aos clubes, a oportunidade de jogarem pontos corridos ou, pelo menos, com direito de recuperar pontos perdidos fora de casa, atuando contra o mesmo time em casa. A competição, pelo andar da carruagem, será como a de 2020, totalmente INDIGNA para os investimentos feitos, e dentro de uma crise na saúde, no financeiro e tudo mais. Vejam que as datas do Intermunicipal são extensas, cujos maiores investimentos são feitos pelas Prefeituras do Interior, já que as Ligas Municipais não se auto sustentam.

E pasmem, não existe união entre os dirigentes, é cada um olhando para o seu próprio umbigo, e só vão sobrevier no interior os clubes empresas, ou melhor dizendo, OS CLUBES DAS EMPRESAS, aquelas que reservam numerários para manterem seus times, buscando objetivos diversos, os times dos ABNEGADOS, tendem a ter falência múltiplas.

Pobre, maltrapilho, e praticamente IRRECUPERÁVEL futebol BAIANO, aquele que um dia ditou respeito e admiração de todo país e conhecido no mundo. Hoje, vive de tomar pancadas em todos os certames de que participa.

Futebol Baiano… QUEM TE VIU, E QUEM TE VÊ.

#PRONTOFALEI.