Jota Jota: “Queremos informações da série “B” do Baiano”

Jota Jota

Estamos como sempre de olho nas novidades que se reportem ao campeonato baiano da série “B”, já confirmado pela Federação Baiana de Futebol e sacramentado pelos clubes no Conselho Arbitral, que definiu regulamento, datas, e o modelo da competição, com início previsto para o mês de outubro, com  seis equipes devidamente regularizadas, e aptas a brigarem pelo acesso à série “A” em 2021.

Ainda sem sedes definidas, pois as escolhas feitas ainda precisam da aprovação dos laudos que a FBF não abre mão, além das autorizações das autoridades sanitárias das praças escolhidas, para que o protocolo contra a Pandemia do Covid-19 seja cumprido, não permitindo a evolução do Corona Vírus.

Mas a imprensa, de modo geral vem sentindo falta das informações dos clubes inscritos, no que se refere aos seus treinamentos, contratações, parcerias, escolha de mando de campo, possíveis patrocínios, além de suas comissões técnicas. A falta destas informações básicas, toda e quaisquer nota da imprensa que se presa, fica totalmente evasiva, ou no campo do ACHISMO, o que não será salutar para a competição, já que a luta para a realização da mesma, fora intensa diante da incerteza que a FBF tinha sobre a competição, e que graças a Deus, se realizará.

As assessorias de imprensa de Colo Colo, Teixeira de Freitas ou Portela, Jequié, Unirb, Barcelona e Canaã, precisam municiar a imprensa baiana mas, para isso, os dirigentes precisam colaborar dando informações precisas, assim como as fichas técnicas, e procedência de seus atletas contratados, os membros das comissões técnicas, dias e tempos de treinamentos, tudo é muito importante e o torcedor, ou simpatizante do futebol, quer e precisa saber sem especulações.

E olhem que o tempo urge, já estamos no final da primeira semana do mês de setembro, e a menos de 50 dias, para que a competição seja iniciada, em turno único, com jogos espaçados, mas com cada clube fazendo cinco partidas, apenas de ida, e com os dois primeiros, na fase classificação, indo para a disputa do título, e aí sim, em dois jogos, ida e volta.

Estamos de olho na competição, nos clubes e esperando o caçula da série “A” para a competição de 2021, e que vença o melhor, mais bem organizado, e de melhor performance dentro de campo, sem intervenções extra campo, tal como erros de arbitragem, aqueles que jogam por terra, um trabalho árduo, e muito caro para os times do interior.

#PRONTOFALEI.