Juazeirense faz história e conquista o Campeonato Amador do Centenário

Por Carlos Humberto / Seculte

Recém filiado aos quadros de clubes da Liga Desportiva Juazeirense (LDJ), a Desportiva Juazeirense conseguiu um feito inédito ao levantar o troféu de campeão amador no primeiro campeonato disputado.

Na decisão contra o XV de Novembro, realizada na noite desta sexta-feira 25, no Estádio Adauto Moraes, o caçula derrotou o Tremendão por 1 a 0 e levou para sua galeria o troféu Celso Maravilha, entrando para a história do futebol juazeirense.

O gol do título foi marcado pelo meia Jaquinho – eleito o melhor jogador do campeonato – de pênalti, aos 15 minutos do primeiro tempo, e quebrou a invencibilidade do rival ao longo da competição.

O evento organizado pela LDJ com o apoio da Prefeitura Municipal de Juazeiro levou à praça esportiva um público recorde este ano, além de autoridades municipais como os secretários Sérgio Fernandes e Celso Leal, e o vereador Charles Leal, que participaram das homenagens a diversas personalidades do mundo esportivo amador de Juazeiro. O chefe de gabinete Arlindo Aragão, representando o prefeito Paulo Bomfim, fez a entrega do troféu Celso Maravilha ao campeão da temporada.

Dudu, atacante do XV de Novembro, terminou à frente na artilharia do campeonato com quatro gols, e Jaquinho, da Juazeirense, foi escolhido como o melhor jogador da competição. O goleiro Amâncio, também do time campeão, ficou com o troféu de melhor da posição.

A classificação final do campeonato especial, que celebrou um século de introdução do futebol na cidade de Juazeiro, ficou assim: Juazeirense, campeão; XV de Novembro, vice-campeão; Olaria, terceiro colocado; e Barro Vermelho, na quarta posição.

 FICHA TÉCNICA

XV de Novembro 0 x 1 Juazeirense

Data: 25 de outubro de 2019, sexta-feira

Horário: 20 horas

Local: Estádio Adauto Moraes, em Juazeiro-BA

Gol: Jaquinho, aos 15 minutos do primeiro tempo, de pênalti

XV de Novembro: Everton, Marcos Vinicius (Rafinha), Natan Júnior, Bebeto e Franklin; Erlan, Leleu (Ariel), Tiaguinho e Dean (Lucas Piri); Dudu e Felipinho. Técnico: Cavalinho

Juazeirense: Amancio, Gleiber, Marcos Rafael, Nilton e Esquerdinha; Dudu, Cacau (Toró), Diego e Jaquinho (Ícaro); Pablo (Dogão) e Rodrigo (Galeguinho). Técnicp: Rokembak

Arbitragem: Paulo Roberto, Paulo Vitor e João Duarte