Por Tony Martins - Foto: Carlos Humberto
Ian-Augusto-CarlosRabello-Juazeirense-18092021-SérieD-CréditoAgênciaCH

A Sociedade Desportiva Juazeirense está eliminada do Campeonato Brasileiro da Série D, ao perder nos pênaltis para o Atlético do Ceará, na tarde deste sábado (18/09/2021) no estádio Adauto Moraes. No tempo normal as duas equipes não saíram do zero a zero.

O time do Atlético Cearense iniciou a partida demonstrando que não partiria para o ataque e jogou dentro de seu campo, mesmo assim deu muitos espaços para a Juazeirense fazer suas jogadas ofensivas, sendo que aos 11 minutos de jogo aconteceu uma penalidade máxima assinalada pelo árbitro Renan Novaes, porém Ian cobrou e o goleiro Carlão defendeu fácil.

O Atlético pouco criou, enquanto a Juazeirense não teve calma nem eficiência para abrir o marcador. Por isso a primeira etapa terminou em zero a zero.

Na segunda etapa o Atlético Cearense voltou melhor, equilibrou a partida e fez um jogo pragmático, sem permitir que o adversário criasse situações de gol e ainda saia com rapidez para o ataque. Contudo, a pouca inspiração de ambas as partes, levou o jogo para os pênaltis.

Nas cobranças de pênaltis o Atlético venceu por 5 x 3, convertendo todas as cobranças, enquanto Wendel perdeu um pênalti para o Cancão de Fogo.

Agora o time Juazeirense se prepara para enfrentar o Central de Caruaru, valendo pela pré-fase da Copa do Nordeste, em jogo único a ser realizado no estádio Adauto Moraes, vencendo pegará o Ferroviário do Ceará.

Para o restante da temporada, é certo de que o time da Juazeirense fará uma reformulação no elenco, dispensando alguns jogadores para aliviar a folha de pagamento, e deverá fazer algumas contratações pontuais.

FICHA TÉCNICA

JUAZEIRENSE 0 x 0 ATLÉTICO CEARENSE (pênaltis 3×5)

ÁRBITRO CENTRAL Renan Novaes- MS

ASSISTENTES: Rui Cesar Lavarda- MS e Luis Fernando Viegas -MS

JUAZEIRENSE: Rodrigo Calaça; Kekeu (Guilherme Lucena), Eduardo, Wendel e Daniel; Capone, Patrik (Sapé) e Eduardo Lopes (Junior Timbó); Ian, Thauan (Tony Galego) e Kesley (Waldir). Técnico: Carlos Rabelo.

ATLÉTICO CEARENSE: Carlão; Edgar, Waldson Daniel, Zé Carlos; Caio Acaraú, Hércules (Iago) e Ewerton Potiguar (Claudivan); Erik Pulga (Ítalo), Dudu Itapagé e Felipe. Técnico: Raimundo Wagner