Por Tony Martins - Foto Carlos Humberto

A Desportiva Juazeirense recebeu na tarde deste domingo 15, no Adauto Moraes, o Atlético de Alagoinhas, em partida válida pelo Brasileiro da Série D e, como vem ocorrendo frequentemente, o Carcará venceu o Cancão de Fogo.

O primeiro tempo foi marcado por duas estratégias diferentes: Enquanto a Juazeirense buscava as jogadas de velocidade no intuito de abrir o placar, o Atlético apostava nas cobranças de falta e de escanteio como forma de chegar ao gol.

Aos três minutos o Atlético cobrou escanteio, porém sem perigo para Calaça. A Juazeirense respondeu com Nildo Petrolina numa cobrança de falta com efeito, a bola passou raspando a trave do goleiro Fábio Lima.

Aos 16 minutos Hadrian cobrou escanteio da esquerda o zagueiro Bruno cabeceou no canto para Calaça praticar uma boa defesa. Já aos 25 minutos foi a vez de Thauan tocar para Thalysson livre dentro da área. Ele chutou rasteiro, porém o zagueiro Bremer salvou em cima da linha, colocando para escanteio.

Os 38 novamente Thauan fez boa jogada tocando para Ian na entrada da área, mas o jogador se atrapalhou no momento do chute.

No último lance de perigo na primeira etapa, aos 41 minutos, Dadinha cruzou da direita, contudo, Ian livre na aérea cabeceou para fora.

O segundo tempo da Juazeirense foi horrível e apático, uma mudança de comportamento radical, comparando com o rendimento do time na primeira etapa. Apenas um chute de Patrick de longe, aos 13 minutos que o bom goleiro Fábio espalmou para escanteio.

A partir dos 25 minutos do segundo tempo o sistema defensivo da Juazeirense se desorganizou dando muito espaço para o time de Alagoinhas criar algumas oportunidades de gol.

ENTROU PARA GANHAR O JOGO

Das várias mudanças processadas pelo treinador Zé Carijé do Atlético, uma foi fatal: Diego que entrou no lugar de Cesinha para decidir a partida.

Aos 29 minutos o Atlético puxou um contra-ataque com muita velocidade com quatro jogadores acompanhando o lance. O lateral Matheus foi na linha de fundo pela esquerda e cruzou, dentro da pequena área, Diego dominou e colocou para o fundo das redes fazendo o primeiro gol da partida.

Não demorou muito e aos 32 minutos em outro cruzamento da esquerda pelo alto, saiu o segundo gol do Atlético, num bonito cabeceio de Diego que o seu segundo tento, definindo o placar do jogo.

Depois disso o Cancão de Fogo ficou totalmente perdido em campo e não produziu mais nada de forma significativa e produtiva.

A Juazeirense com 8 pontos, caiu para o terceiro lugar no grupo, onde o ASA de Arapiraca lidera com 9 pontos e o Jacuipense é o segundo com 8 pontos. No próximo sábado (21/05), a Juazeirense enfrentará o Lagarto de Sergipe fora de casa, partida que começará às 15 h.

JUAZEIRENSE  0 X 2 ATLÉTICO DE ALAGOINHAS

GOLS: Diego (2) 29” e 32”

LOCAL- Estádio Adauto Moraes- Juazeiro-BA

DATA- 15/05/2022

ÁRBITRO CENTRAL- Osimar Moreira da Silva Junior (GO)

ASSISTENTES Jucimar dos Santos Dias (BA) e Paulo de Tarso Bregalda Gussen

RENDA: 5.980,00

PÚBLICO PRESENTE: 423

JUAZEIRENSE: Rodrigo Calaça, Dadinha, Eduardo, Wendel e Thalysson; Patrick, Nildo e Clebson (Matheus Reis); Anicete (Érico Junior), Thauan (Nixon) e Ian (Rodolfo. Técnico; Quintino Barbosa.

ATLÉTICO DE ALAGONHAS: Fábio Lima. Edson, Bruno, Bremer e Matheus (Rafael Franco); Lucas Alisson, Leandro Sobral (Gilmar) Hadrian (Giovani) e Emerson; Ítalo (Cristhian) e Cesinha (Diego). Técnico Zé Carijé

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here