Por Tony Martins

A sociedade Desportiva Juazeirense entrou para a partida deste domingo (11/04/) contra a Unirb no estádio Adauto Moraes, motivado pela classificação à terceira fase da Copa do Brasil e pela manutenção da liderança do Campeonato Baiano. O jogo começou com poucas jogadas contundentes, sendo que o primeiro lance de perigo ocorreu aos 16 minutos numa cabeçada de Kanu, mas, o árbitro assinalou impedimento, aos 17 Kesley invadiu a área do Unirb e chutou para fora.

Aos 22 minutos Kanu cobrou uma falta no ângulo e o goleiro Djair fez uma boa defesa, colocando a bola para escanteio. Depois disso, nada de importante ocorreu na partida, onde Du Paraíba e Paranhos articulavam poucos lances efetivos para a Unirb, enquanto Clebson, Kanu, Elcarlos e Kesley não criaram nada para o Cancão de fogo.

Somente aos 36 minutos ocorreu outro lance de perigo, quando Daniel cruzou da esquerda para Clebson de cabeça concluir dentro da área, mas, a bola saiu na linha de fundo. Aos 41 minutos Kesley fez boa jogada pela direita, invadiu a área só que a defesa adversária colocou para escanteio. Um minuto depois Zé Oliveira puxou um contra-ataque da Unirb pela esquerda e rolou para o atacante Max chutar, obrigando o goleiro Rodrigo Calaça a praticar uma boa defesa, botando a bola para escanteio.

O árbitro Reinaldo Silva Santana, deu 4 minutos de acréscimo, porém, pouco adiantou, já que as duas equipes continuaram sem expiração, prevalecendo o placar de zero a zero no primeiro tempo.

Para o segundo tempo nem o treinador Givanildo Sales da Juazeirense, tão pouco Carlos Rabelo da Unirb mudaram suas equipes, contudo, os visitantes estiveram mais presentes no setor ofensivo, principalmente com Du Paraíba e Zé Oliveira que se aproveitaram de erros defensivos do Cancão de fogo.

Antes dos 15 minutos da segunda etapa Givanildo Sales tirou Kanu, colocando Thauan. Aos 17 minutos Clebson lançou Elcarlos na direita, este invadiu a área, mas a defesa colocou para a linha de fundo. Na cobrança de escanteio a defesa da Unirb cortou de cabeça, a bola sobrou para Daniel que de primeira, pelo alto, fuzilou, fazendo um golaço aos 18 minutos.

Depois que sofreu o gol, o técnico Carlos Rabelo mudou três jogadores, tentando deixar sua equipe mais ofensiva, com isso passou a ceder espaços em seu sistema defensivo, onde a Juazeirense começou a explorar com jogadas de Elcarlos e Kesley.

Depois dos 35 minutos o jogo ficou aberto, de lado a lado, com a Unirb fazendo uma grande pressão sobre a Juazeirense, só que o Cancão de fogo não aproveitou as chances para ampliar o placar, terminando o jogo com a vitória de um a zero para os donos da casa.

Com o triunfo a Juazeirense chegou aos 16 pontos e se isolou mais ainda na liderança da competição que tem Atlético de Alagoinhas e Bahia de Feira com 12 pontos, sendo que o Bahia da capital fecha o G4 com 9 pontos. A Juazeirense já está classificada, mesmo faltando duas partidas para encerrar a primeira fase contra Vitória no Adauto Moraes e o Doce Mel fora de casa. Isso porque com a combinação de resultados o representante de Juazeiro não poderá ser ultrapassado por quatro equipes que estão com pontuação menor.

FICHA TÉCNICA

LOCAL: ESTÁDIO ADAUTO MORAES

JUAZEIRENSE 1 X 0 UNIRB

GOL: Daniel 18 2° tempo

JUAZEIRENSE: Rodrigo Calaça, Jô, Dedé, Jamerson e Daniel, Vaguinho, (Anthony) Sapé, Kanu e Clebson Elcarlos (Ian) e Kesley (Patrick). Técnico: Givanildo Sales.

UNIRB: Djair, Alaba, Jordan, (Guga) Marcone e Digão. Mineiro, Du Paraíba, Guto e Paranhos, Max (Chael) e Zé Oliveira (Tiago). Técnico: Carlos Rabelo.

ARBITRAGEM: Reinaldo Silva Santana, Clebson Coutinho e Marcos Vinicius Souza.