Goleada do Cerro Porteño custa cargo de treinador, que perdeu três dos quatro jogos disputados pelo Galo na fase de grupos da Libertadores

O técnico Levir Culpi não resistiu no cargo após a derrota do Atlético-MG para o Cerro Porteño, nesta quarta-feira, no Paraguai. Depois da terceira derrota em quatro jogos pela fase de grupos da Libertadores, Levir foi demitido pela diretoria do Atlético-MG. O treinador se reuniu com o presidente no fim da manhã desta quinta, na sede do clube, no bairro de Lourdes, e foi comunicado sobre o desligamento.

Levir deixa o clube às vésperas do primeiro clássico diante do Cruzeiro, pela final do Campeonato Mineiro, domingo, às 16h (de Brasília), no Mineirão. Mais cedo, Levir e a delegação foram hostilizados durante desembarque da equipe em Confins (confira no vídeo abaixo). Também nesta quinta, o clube anunciou a contratação de Rui Costa para o cargo de diretor de futebol, substituindo a Marques, que passou a ser gerente de futebol.

Leia a matéria completa no Globo Esporte