Micro e pequenos empresários de Remanso participam de oficina sobre atendimento de excelência

0
157
iStock programa ALI

Micro e pequenos empresários de Remanso participam de oficina sobre atendimento de excelência

Atividade foi realizada em parceria com a Sala do Empreendedor da Prefeitura Municipal

Por Carlos Humberto

A cidade de Remanso, no Norte baiano, foi palco de oficina de capacitação realizada pelo Sebrae, em 24 de agosto, com o tema ‘Atendendo com Excelência’, em parceria com a Sala do Empreendedor da Prefeitura Municipal.

Exclusiva para micro e pequenas empresas, a atividade foi ministrada pelo consultor Leonardo Costa, graduado em Administração com MBA em Marketing, e teve como foco a melhoria da qualidade do atendimento do comércio local.

O bom atendimento sempre foi um importante diferencial para os pequenos negócios. No mundo atual, considerando-se o cenário cada vez mais competitivo, especialmente com o fortalecimento do ambiente digital, a relevância da temática toma uma proporção ainda maior.

Dessa forma, o Sebrae busca levar ao público-alvo, através de suas oficinas, melhoria do atendimento, vendedores mais motivados, experiência satisfatória ao cliente e aumento do poder de conversão de vendas.

A agente de desenvolvimento da Sala do Empreendedor de Remanso Eugene Luna lembra que a parceria com o Sebrae começou em 2012 e ganha força desde então. Na sua visão, essa oficina vem “somar conhecimento e fortalecer nossas empresas, para aumentar as vendas, qualificar o atendimento e acompanhar as novas demandas do mercado. A Prefeitura Municipal e empresários remasenses, através da Sala do Empreendedor, agradecem o apoio do Sebrae. Juntos somos mais fortes”, assegura.

Para o analista técnico do Sebrae em Juazeiro, Edlan Amaral, o atendimento ao cliente é um tema sensível, que merece atenção do empreendedor.

“Em tempos da invasão digital nas relações comerciais, quando olhamos para o cenário nacional, vemos esse ambiente cada vez mais tomando conta dos espaços. Porém, não devemos esquecer que existe um número considerável de pessoas que ainda preferem ir à loja física. E se, nessa visita, o empresário e o vendedor não conseguem oferecer um atendimento de excelência, vão acabar desperdiçando uma oportunidade de venda. Essa oficina trazida pelo Sebrae busca capacitar esse empresário e sua equipe para oferecer atendimento diferenciado e com isso aumentar suas receitas”, conclui Amaral.