8.1 C
Nova Iorque
sábado, dezembro 4, 2021

Na contramão do bom senso, ligas amadoras insistem em realizar jogos em Juazeiro e Petrolina

Direção do campeonato do Bairro João XXIII suspendeu a rodada deste final de semana

Por Carlos Humberto

No momento em que as mais importantes entidades esportivas do mundo adiam, suspendem ou até mesmo cancelam competições que fazem parte do calendário internacional, algumas ligas amadoras de Juazeiro e Petrolina, insistem em programar jogos, indo na contramão do bom senso, ao desconsiderar os alertas das autoridades.

Em Juazeiro, o Departamento de Árbitros da Liga Desportiva Juazeirense divulgou nesta quinta-feira 19 a escala de árbitros e assistentes que deverão trabalhar neste sábado e domingo, em quatro competições de futebol e futebol Society, entre elas campeonatos de veteranos, que envolvem jogadores com idade considerada de risco pelas autoridades de saúde, que recomenda total reclusão para aqueles com idade acima de 60 anos. Em Petrolina, sede e interior, segundo grupos de WhatsApp, diversas ligas mantiveram a programação dos jogos.

Como são competições organizadas por particulares, não precisam de autorização das entidades oficiais para acontecerem. Em sua maioria são geridas por abnegados desportistas comunitários, que movimentam o esporte em bairros, associações e clubes da cidade e do interior.

Direção do campeonato do Bairro João XXIII suspendeu a rodada deste final de semana

No início da semana, antenados com os fatos atuais, os organizadores das Copas Arena Planalto e Master Cabos e Soldados, e dos Campeonatos do Baixo e Médio Salitre e da cidade de Sobradinho, e do Campeonato do Bairro João XXIII, divulgaram comunicado suspendendo as atividades. Antes, no dia 14, a coordenação do maior evento de futsal do sertão pernambucano suspendeu preventivamente a 24ª edição da Copa TVGR.

A iniciativa foi bem recebida entre os desportistas, e mostra o engajamento de todos na luta para combater a proliferação do Conid-19 em nossa região.

A importância dessas “ligas” para o desenvolvimento do esporte em nossa região – não importa a modalidade – está fora de cogitação. Elas fomentam a prática esportiva e, se feita corretamente, é um relevante aditivo para manter a forma e a saúde de todos os praticantes, além de ganho social.

Não dá para desconsiderar o trabalho daqueles que organizam e coordenam esses torneios. Afinal, é fato que todos os finais de semana e até feriados, dezenas de competições acontecem envolvendo centenas dos chamados “atletas de fim de semana”, para uns, ou “atletas em fim de carreira”, para outros, que atraem milhares de simpatizantes às quadras e campos de grama ou terra batida, sem esquecer do aquecimento direto da economia local, na venda de produtos esportivos, bebidas e alimentos, entre outros.

O grau de importância que essas competições conquistaram ao longo do tempo, é proporcional à responsabilidade que elas têm para não esquecer do dever social que vem no bojo de suas realizações. E o novo coranavírus chega para lembrar a todos nós disso.

VEJA TAMBÉM

2,140FansLike
1,150FollowersFollow
12FollowersFollow
- Advertisement -spot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Iniciar Conversa
Posso ajudar?
Olá podemos te ajudar