Na estreia de Rogério Ceni, Bahia goleia Coritiba no Couto Pereira

0
255
Coritiba x Bahia Ratão Serie A Foto Felipe Oliveira-ECB

Da Redação – Jota Jota / Fotos: Felipe Oliveira/ECB

Na estreia do técnico Rogério Ceni no Bahia, a equipe Tricolor foi a capital do Paraná enfrentar o Coritiba e bateu o lanterna da competição por 4 a 2, de virada, com gols de Rafael Ratão, Thaciano, Ademir e Biel, enquanto Sebastião Gomes e Andrei descontaram para o Coxa. A partida foi realizada no Estádio Couto Pereira, nesta quinta-feira (14), válida pela 23ª rodada do Brasileirão.

O JOGO

Logo a um minuto e meio de jogo, Sebastian Gomes, aproveitando uma falha da defesa tricolor, abriu o marcador para o Coxa, dando um ligeiro susto na torcida tricolor. Mas a reação do Bahia começou aos 10 minutos com gol de Rafael Ratão, quando começou o festival de lambanças do goleiro Luan Polli.

Em falhas cometidas pelo arqueiro o Bahia chegou a mais dois gols na etapa primeira, sem que o Coritiba esboçasse qualquer tipo de reação, levando a sua torcida à loucura.

Na etapa final os dois treinadores fizeram todas as modificações, mas quem continuou dando as cartas foi o Bahia. Em uma roubada de bola, Biel foi lançado, Luan Polli sai para antecipar e falha, Biel não perdoa e faz o 4º gol do Bahia. O Coritiba no apagar das luzes diminuiu com Andrei, final Bahia 4 a 2 no Coritiba.

O Bahia volta a jogar na segunda-feira 16 contra o Santos na Arena Fonte Nova pela 24ª rodada, o Coritiba dia 21 contra o Vasco da Gama no Rio de Janeiro.

FICHA TÉCNICA
Coritiba 2 x 4 Bahia
Campeonato Brasileiro – 23ª rodada
Local: Couto Pereira, em Curitiba
Data: 14/09/2023 (quinta-feira)
Horário: 20h
Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães (RJ)
Assist. 1: Thiago Henrique Neto Correa Farinha (RJ)
Assist. 2: Daniel do Espírito Santo Parro (RJ)
VAR: Emerson de Almeida Ferreira (MG)
Gols: Sebastian Gomes e Andrei (Coritiba); Rafael Ratão – Thaciano – Ademir e Biel (Bahia)

Coritiba: Luan Polli; Hayner (Natanael), Kuscevic, Thiago Dombroski, Jamerson; Sebastian Gómez (Diogo Oliveira), Andreas Samaris (Marcelino Moreno), Bruno Gomes (Andrey) e Kaio (Fransérgio); Robson e Islan Slimani. Técnico: Thiago Kosloski.

Bahia: Marcos Felipe; Gilberto, Kanu, Raul Gustavo e Camilo Cándido; Rezende (Léo Citadini), Thaciano (Lucas Mugni) e Yago Felipe (Acevedo); Ademir (Jacaré), Rafael Ratão (Biel) e Everaldo (Ratão). Técnico: Rogério Ceni.