Por Jota Jota - Foto da capa: Adidas/Divulgação
Jota Jota

Não agradou a muitos a decisão da CBF de iniciar o brasileirão no dia 8 e 9 de agosto, como foi divulgado pela entidade, embora todos tenham concordado com quase todas as propostas, menos a das datas iniciais. Segundo os grandes, que estarão envolvidos em seus campeonatos estaduais, cujos retornos acontecerão a partir de 25 de julho, serão concluídos somente no dia 12 de agosto.

Com isso, os eles seriam prejudicados e querem o adiamento do início por mais uma semana, o que lhes dariam uns dias para arrumarem a casa. Pode ser que em uma conversa as coisas sejam acomodadas, embora a escassez de datas venha apertando o calendário, porque existem ainda as competições internacionais e eliminatórias da Copa do Mundo, com jogos da Seleção Brasileira, além da Copa do Nordeste.

Fala-se no retorno do futebol nos próximos dias, e o que me preocupa é que nada temos no site da Federação Baiana de Futebol, apenas os que os dirigentes dos clubes passam, e sempre através de suas assessorias de imprensa, é preciso que o presidente Ricardo  Lima mostre o que realmente vem sendo programado, para a conclusão do certame, e o que farão os clubes do interior.

Muitos dispensaram seus atletas, uns com férias e outros com contratos rescindidos, e como será a reconstituição dos mesmos, apesar da medida provisória do presidente Bolsonaro, que permite a contratação do jogador, pelo curto espaço de 30 dias. Com tudo que vem acontecendo na economia, terão os clubes do interior dinheiro, para este curto período de jogos, sendo que a maioria terá apenas mais uma partida.

Sem informações exatas da FBF, as coisas ficam soltas e as informações para os torcedores, acabam desencontradas. Está passando da hora de que se tenha uma diretriz oficial, da entidade da praça Castros Alves.

#PRONTOFALEI.

*Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Agência CH.