No retorno ao futebol, Fifa estuda ampliar número de substituições por equipe

Clubes poderiam fazer até cinco substituições na partida

O futebol ainda não tem data para recomeçar, mas, quando isso acontecer, poderá ter mudanças nas regras. A Fifa vai propor aumentar de três para cinco o número de atletas que poderão ser substituídos durante uma partida. A alteração na regra seria temporária e ainda depende de análise e aprovação da International Board (IFAB), órgão responsável pelas regras do esporte.

Mesmo aprovada pelo IFAB, a aplicação da alteração ainda vai depender de cada confederação nacional, vez que são autônomas.

O calendário mundial virou de cabeça para baixo com a pandemia do Covid-19 e para ajustar ao calendário as federações e clubes buscam encontrar datas para concluir ou iniciar as competições.

Uma das propostas prevê a diminuição do intervalo entre as partidas, caindo para 48 horas. Nesse cenário, os jogadores seriam mais suscetíveis a contusões e para amenizar o desgaste e preservar a saúde dos atletas, ampliar o leque de substituições seria a solução.

“Quando as competições recomeçarem, o calendário estará sobrecarregado com uma frequência de jogos superior ao normal”, afirmou um porta-voz da Fifa. “A segurança dos jogadores é a nossa prioridade e a carga de jogos poderá aumentar o número de lesões. Assim, perante o desafio que as ligas enfrentam, a Fifa propõe um maior número de substituições de forma temporária. Uma mudança adicional poderá ser usada em contexto de prolongamento”, acrescentou.

Da Redação – com informações da Isto É – Foto: Reprodução