A Fifa reuniu um timaço para homenagear aqueles no ataque contra o coronavírus e crava: “nós vamos ganhar”

O Rei Pelé encerra a homenagem aos profissionais da saúde

Numa ação para homenagear aqueles na linha de frente contra o coronavírus (Covid-19), a Fifa convocou um time de craques para uma ação mundial — todos, vale ressaltar, de suas casas. No contra-ataque à doença, os profissionais de saúde viraram alvo de uma salva de palmas de grandes nomes do futebol mundial, como o Rei Pelé, Maradona, Zidane, Casillas, Beckham, Van Basten, Ronaldo, Kaká, Marta, Roberto Carlos, Buffon e Chiellini, Sérgio Ramos e Piqué saudando os profissionais de saúde que arriscam suas vidas diariamente para que o mundo transpasse esse momento doloroso. A ação foi divulgada pelo Twitter da federação neste sábado, 18.

Se os jogadores estão fora de campo, é hora dos holofotes nos profissionais essenciais, que não podem parar. “Para os profissionais de saúde e outros funcionários que continuam a trabalhar como heróis, o nosso aplauso infinito”, escreveu a Fifa, para laurear o vídeo de aplausos vindos daqueles que estão acostumados a serem aplaudidos. A hashtag #WeWillWin, “nós vamos vencer”, encerra a publicação. Que, com o apoio da torcida, a virada venha logo.

Reprodução Veja