Texto: Maria Akemi – Foto: Philip Fong/AFP

“O caldo azedou” no Japão. O governador de Osaka afirmou que o distrito não tem interesse em receber o revezamento da tocha olímpica, por conta dos casos de covid-19. A declaração oficial veio nesta sexta-feira (2).

“Sentimos muito pelos portadores da tocha, mas não faremos o revezamento nas ruas de Osaka”, disse o governador Hirofumi Yoshimur. “Falaremos com os organizadores da Tóquio-2020 para ver outras possibilidades”, acrescentou.

Os Jogos Olímpicos acontecerão de 23 de julho a 8 de agosto em Tóquio, depois de um ano de atraso devido à pandemia. O revezamento da tocha olímpica começou em 25 de março em Fukushima (Nordeste) e passaria por Osaka entre 13 e 14 de abril.