Texto: Maria Akemi - Simon Bruty/USTA

Naomi Osaka tem apenas 22 anos, mas já é um dos maiores nomes do tênis feminino na atualidade. O motivo? A japonesa conquistou seu terceiro Grand Slam da carreira na noite desse sábado (12), ao bater Victoria Azarenka por 2 sets a 1.

(Foto: Twitter/Reprodução)

A princípio, Osaka começou perdendo. Porém, conseguiu se ajustar após 1×6 e emplacou um duplo 6×3. Resultado: seu segundo troféu no US Open (2018 e 2020). Portanto, com os dois troféus nos EUA e um no Australian Open (2019), Osaka é a maior atleta asiática do tênis.

Ela superou Li Na, com dois títulos. Também voltou ao Top 3. E ainda por cima, emplacou a bandeira da igualdade racial. Em todos os sete jogos do US Open, ela foi pra quadra com máscaras levando nomes de vítimas da violência policial.