Ex-jogador do Cruzeiro e Botafogo usou redes sociais para se despedir do pai

Da Redação

Walter Óscar Montillo, pai do meia Walter Montillo, da Universidad de Chile, morreu na terça-feira (7) com suspeita de coronavírus. Ele tinha 60 anos e estava internado desde o final de semana, na Argentina com graves problemas respiratórios.

A confirmação de que ele estava infectado por Covid-19 sairá em breve. A notícia veio dias após o ex-jogador do Cruzeiro e do Botafogo perder o avô, Óscar de 91 anos, também com suspeita de coronavírus. O Cruzeiro, onde Montillo se destacou entre 2010 e 2012, também manifestou suas condolências ao meia argentino.

Hoje Montillo usou as redes sociais para se despedir do pai: