Palestra sobre vendas atrai dezenas de empresários do setor varejista em Juazeiro

0
205

Palestra sobre vendas atrai dezenas de empresários do setor varejista em Juazeiro

Evento do Sebrae iniciou as ações do circuito Turbina Vendas tendo em vista as datas comemorativas

Por Carlos Humberto

“Vender é preencher lacunas”. Com essa frase, o consultor Diogo Shark sintetizou para uma plateia de micro e pequenos empresários, o real significado do que é ser um vendedor atuante em qualquer área da economia, na última quinta-feira (25), em Juazeiro, no Norte do Estado.

Nos tempos atuais, a palavra-chave é adaptação pois, com a chegada da Inteligência Artificial e demais meios tecnológicos, a profissão de vendedor foi duramente atingida. Diante dessa realidade, o especialista Diogo Shark alerta para a necessidade de mudança de postura da classe para poder complementar a atuação com as novas tecnologias, além das diversas redes sociais que estão ao alcance de todos e são grandes aliadas a serem exploradas por profissionais do ramo.

Diante disso, em sua palestra, Shark adverte que o vendedor tradicional, aquele que só visa atingir a meta, é coisa do passado. Hoje, para ele, para obter sucesso na carreira, o vendedor necessita mudar a postura e entender que precisa, além da cortesia no atendimento, conversar, entender, sugerir, propor e ajudar o cliente na hora da compra, garantindo, assim, a fidelidade que vai gerar novas demandas. “O cliente vai entender que o vendedor está ali para atender às suas necessidades e não o contrário”, explica Shark.

Isso se aplica a vendas em lojas físicas e, em alguns casos, às vendas online que se utilizam de chats, lives ou permitem a troca de mensagens virtual.

Shark também explicou o sentido das crenças limitantes que, como diz o próprio nome, são pensamentos impositivos que, com o passar do tempo, se tornam verdades absolutas e limitam o raio de ação do vendedor. Como por exemplo, comportamentos típicos de acomodação quando se alcança a meta estabelecida e depois relaxa, achar que o produto da concorrência é sempre melhor que o seu, ou jogar a culpa na crise econômica quando não consegue vender.

O analista técnico do Sebrae em Juazeiro e gestor de projetos na região, César Gazzinelli, comemora o sucesso alcançado pelo evento que atraiu mais de 80 empresários de Juazeiro e cidades circunvizinhas.

“Demos início ao Circuito Turbina Vendas que trará especialistas para tratarem do assunto e prepararem os empresários para melhor atuarem em datas comemorativas e, com isso, aumentar o faturamento da empresa. Neste primeiro momento, o impacto já é grande pois o palestrante trouxe insights para que os vendedores se tornem mais assertivos e consigam melhores resultados. Foi dada a largada”, concluiu o gestor.