Da Redação
Rony-Palmeiras-faz-o-primeiro-gol-no-River Plate-foto-Staff Images – Conmebol

O Palmeiras conseguiu um resultado histórico nesta quarta-feira (5), ao bater o River Plate em plena Avellaneda por 3 a 0, na primeira partida do confronto válido pela semifinal da Libertadores.

Rony, no primeiro tempo, Luiz Adriano e Viña, no segundo, foram os autores dos gols alviverdes, que fez uma atuação irretocável sob o comando do técnico Abel Ferreira, principalmente no segundo tempo, quando confirmou o merecido resultado.

Além dos goleadores da partida, Danilo, Gabriel Menino e Patrick de Paula foram destaques e anularam o meio de campo do River, além de chegar ao ataque em algumas oportunidades.

Com a vantagem conquistada em solo argentino, o Palmeiras só fica de fora da decisão se for derrotado por mais de três gols na partida de volta. Se o placar foi 3 a 0, a decisão vai para os pênaltis.

Jogo de volta

Na próxima quarta-feira (12), o Palmeiras será o anfitrião da partida de volta, no Allianz Parque, às 21h30, quando poderá carimbar o passaporte para a final, marcada para o dia 20, no Maracanã, contra o vencedor de Santos e Boca Juniors.

FICHA TÉCNICA

River Plate x Palmeiras
Copa Libertadores – semifinal
Data: 5 de janeiro de 2021 (terça-feira)
Horário: 21h30
Local: Estádio Avellaneda (Buenos Aires-ARG)
Arbitragem: Leodan González, Nicolas Taran e Carlos Barreiro, todos uruguaios
Gols: Rony (PAL), aos 28min do 1º tempo. Luiz Adriano (PAL), a 1min; Viña (PAL), aos 16min do 2º tempo

River Plate: Armani; Montiel, Rojas, Pinola e Casco (Giroti); Nacho Fernández (Julian Alvarez), Enzo Péres (Paulo Diaz) e De La Cruz; Matías Suárez (Ponzio), Borré e Carrascal. Técnico: Marcelo Gallardo

Palmeiras: Weverton; Marcos Rocha, Alan Empereur, Gustavo Gómez e Viña; Patrick de Paula (Emerson Santos), Gabriel Menino e Danilo (Zé Rafael); Rony (Breno Lopes), Luiz Adriano (William) e Gustavo Scarpa (Rafhael Veiga). Técnico: Abel Ferreira

Cartão Vermelho: Carrascal (RIV), aos 14min do 2º tempo