Prefeito Paulo Bomfim assina ordem de serviço e acompanha início da obra de saneamento do Bairro Angari

Antonio Pedro e Lívia Santos (estagiária) Ascom/SAAE

Os moradores do bairro Angari acompanharam nesta quarta-feira (11) a assinatura da ordem de serviço e início da obra de esgotamento sanitário da centenária comunidade.  A obra que será executada com recursos do Serviço de Água e Saneamento Ambiental – SAAE/Juazeiro terá 240 metros de rede coletora de esgoto, 125 metros de ligações prediais, 90 metros de ramais condominiais, 100 metros de recuperação da rede de drenagem beneficiando diretamente mais de 90 residências. A previsão é de que seja concluída em cinco meses.

O prefeito de Juazeiro, Paulo Bomfim, ressaltou o momento histórico e a importância do serviço, principalmente na preservação do Rio São Francisco. “Continuo muito motivado para trabalhar por esta terra amada, mesmo sabendo que alguns tentam descaracterizar o muito que temos feito. Sabemos que problemas sempre irão existir, mas é com ações iguais a esta hoje aqui no Angari que vamos transformando essa realidade. Esta obra é uma antiga reivindicação dos moradores e, ainda na gestão do ex-prefeito Isaac Carvalho, iniciamos as negociações juntamente com o deputado Zó e agradeço por estar aqui iniciando a concretização desse sonho. O Angari, conhecido nacionalmente pelos versos e prosas entra agora também  para o grande quantitativo de obras que temos realizado em Juazeiro. Quero agradecer a Joaquim Neto e todas as equipes do SAAE pela contribuição que têm dado nesse avanço de Juazeiro nos últimos anos”,  lembrou o prefeito.

Para o diretor do SAAE, Joaquim Neto, esta obra representa muito  para Juazeiro, pois o bairro Angari muito tem contribuído para a história do município. “É uma comunidade histórica e que há muito vem lutando por seus direitos. Com a obra do Parque Fluvial e a Vila Bossa Nova, que transformaram a orla da cidade, não justificava o Angari, que está dentro deste contexto ficar sem o devido esgotamento. O saneamento é considerado uma obra cara, mas que tem um valor imensurável na saúde das pessoas. Estou muito feliz em poder, juntamente com todos que fazem o SAAE iniciar esta obra”, disse.

Emocionada, umas das moradoras mais antigas do Angari, disse que estava acompanhando a realização de um sonho. “Foram anos esperando por esse momento, mas nunca perdi a esperança. Que bom que chegou este prefeito para realizar nosso sonho. Muito obrigada a todos por essa felicidade que estou vivenciando”, expressou Dona Maria Alzeni.

Outro morador histórico é o penta campeão da Travessia Mar Grande Salvador, Lourival Quirino. “Estamos muito felizes em poder participar hoje desse momento histórico para o bairro onde nasci. Muitos já se foram e não viram a concretização desse sonho, mas tenho certeza de que lá onde estiverem estão também realizados. O Angari faz parte da história de Juazeiro e é uma comunidade formada em sua maioria por pescadores. Muitos prefeitos prometeram e não cumpriram, mas o compromisso iniciado por Isaac e Zó está sendo honrado hoje por Paulo Bomfim a quem agradecemos”, completou Quirino.

O pescador Pedro de Souza destacou a importância de sua comunidade para o desenvolvimento de Juazeiro. “Aqui começaram as primeiras colônias de pescadores e, junto com elas, a história das lavadeiras. Hoje estamos quebrando paradigmas e vendo o amor e a paz vencerem o desejo daqueles que diziam ser o Angari um bairro esquecido. Ao tirar os esgotos das nossas ruas, estamos cuidando da nossa maior riqueza que é o Rio São Francisco, responsável pelo nosso sustento. Quis Deus que esta obra viesse pelas mãos de um garçom, pois é ele que tem o dom de servir, e servir bem. Agradeço ao prefeito Paulo Bomfim e a Joaquim do SAAE por estarem realizando o nosso sonho”, enfatizou Pedrinho.

Já o vereador Inaldo Loiola, que representou a Câmara Municipal na solenidade, lembrou a música ‘Lavadeiras do Angari’ do juazeirense  Edésio Santos, que levou o nome do bairro a outras regiões. “Estou contente por ter feito parte dessa luta acompanhando os pedidos dos moradores do bairro, tão importante para Juazeiro. Da história das lavadeiras que vinham com suas trouxas de roupa lavar aqui, porque não tinham água em casa, ao nego d’água que assustava as mesmas, muita coisa mudou e, com esta obra irá mudar muito mais”, pontuou

O presidente da Associação de Moradores do Bairro Angary, Carlos Augusto Brito (Neguinho), também lembrou a luta histórica e de antigos moradores que ajudaram a erguer aquela comunidade. “Fomos persistentes, pois sonhamos sempre sem desistir nunca. Quero dedicar essa conquista aos que já se foram, mas que também contribuíram para essa realização. Agradecer a Joaquim que sempre me recebeu no SAAE, ao ex-prefeito Isaac e a Paulo Bomfim por terem vindo hoje não só assinar a ordem de serviço, mas iniciar esta obra tão importante para nossa comunidade”, concluiu Neguinho.