Prefeito Paulo Bomfim realizou a abertura do Hospital de Campanha de Juazeiro na manhã desta segunda-feira, 10. A unidade já começa a funcionar para atendimento a pacientes da COVID-19

Luiz Hélio/Ascom-PMJ

O prefeito Paulo Bomfim realizou na manhã desta segunda-feira, 10, a abertura oficial do Hospital de Campanha de Juazeiro. A unidade tem previsão para funcionar durante três meses e conta inicialmente com 30 leitos intermediários, mas em caso de necessidade poderá ser ampliado para até 60 leitos.

Acompanhado pela secretária da Saúde Fabíola Ribeiro, o prefeito de Juazeiro apresentou as instalações do Hospital de Campanha para a imprensa e membros do Conselho Municipal de Saúde. Os deputados Zó e Roberto Carlos, o presidente da Câmara de Vereadores Alex Tanuri, representantes da Comissão de Saúde do Poder Legislativo, Neguinha da Santa Casa, Anastácio Assis e Pastor Roberto, o diretor médico da UPA Júnior Tanuri e o coordenador Regional de Saúde, Pedro Alcântara, também estiveram presentes.

Paulo Bomfim destaca que o objetivo do Hospital de Campanha é fortalecer ainda mais a rede municipal de saúde durante o enfretamento da pandemia do novo coronavírus. “Nossa missão é trabalhar para implantar as ações que visam prevenir, proteger e salvar as vidas dos juazeirenses. Já fizemos a UPA COVID em parceria com o Estado e agora estamos entregando esta unidade provisória. O governador Rui Costa tem sido um grande aliado nessa luta trazendo investimentos estaduais através de mais leitos de UTI e de enfermaria para a nossa cidade e para toda a região norte. É um momento muito difícil pelo qual estamos passando, mas tudo o que está sendo planejado, estamos conseguindo entregar para a população”, frisa o prefeito.

Fabíola Ribeiro explica que a ampliação para mais 30 leitos ocorrerá se os leitos, que começam a receber pacientes a partir desta segunda-feira (10), ultrapassarem os 70% de taxa de ocupação. “Já ampliamos os leitos de UTI no Hospital Regional e agora o foco prioritário desse Hospital de Campanha é garantir que os pacientes de Juazeiro não sejam removidos para leitos intermediários de outras cidades. Por isso, caso necessite, abriremos mais 30 leitos”. A secretária da Saúde alerta ainda a população sobre a importância de se buscar o atendimento médico precoce, logo no surgimento dos primeiros sintomas.

“Infelizmente os pacientes ainda estão chegando às unidades hospitalares com elevado grau de gravidade e isso tem sobrecarregado os leitos de UTI, que sempre estão ficando com taxa de ocupação maior do que os de enfermaria. Então, mediante um trabalho em conjunto com a Atenção Básica, que identificará nos postos, as pessoas sintomáticas com fatores de risco, faremos os encaminhamentos para este espaço antes de os pacientes chegarem a um nível de gravidade necessitando de UTI”, explica.

O presidente do Conselho Municipal de Saúde, Irmão Robson, enaltece a aquisição do Hospital de Campanha e as demais ações do governo municipal no combate à pandemia. “Temos acompanhado de perto o trabalho que está sendo realizado, até como cumprimento do nosso papel de representante da sociedade civil, e realmente o prefeito Paulo Bomfim não tem medido esforços no sentido de empreender as ações com o objetivo de ofertar aos juazeirenses um pouco mais de tranquilidade nesse período de grave crise sanitária mundial. Esse hospital vai trazer mais segurança e comodidade para aqueles que forem infectados pelo novo coronavírus e, portanto, a Prefeitura está de parabéns”, conclui.