Ascom PMJ

A Prefeitura de Juazeiro esclarece que a operação da Polícia Federal (PF) realizada nesta terça-feira (13) não diz respeito à atual administração da Secretaria Municipal de Saúde (Sesau).

Os documentos apreendidos na sede da Sesau se referem à compra de insumos e medicamentos para o enfrentamento à Covid-19 no ano de 2020. O material envolve notas de compra e distribuição desses insumos.

Durante toda a operação, que passou pela Rede de Assistência Farmacêutica, a Procuradoria do município acompanhou a Polícia Federal e a Controladoria Geral da União, primando pela transparência e compromisso na aplicação do recurso público.

A Prefeitura de Juazeiro é a principal interessada na rápida e justa elucidação dos fatos e está à disposição das autoridades para prestar qualquer esclarecimento.