ASCOM SEDUR PMJ

Os serviços de reforma e adaptação de residências para pessoas com deficiência realizados pela Prefeitura de Juazeiro já estão em fase final. Parte do Programa Transformar, a ação tem o objetivo de melhorar a acessibilidade de famílias que possuem membros com mobilidade reduzida em suas casas. O programa é realizado através das secretarias de Obras e Desenvolvimento Urbano (SEDUR) e de Desenvolvimento Social, Mulher e Diversidade (SEDES).

Desde o início da gestão atual foram iniciadas reformas em duas casas. A primeira na comunidade do Núcleo Habitacional 3 (NH3), no distrito de Itamotinga e a segunda, na localidade conhecida como “Morrão”, no bairro Dom José Rodrigues, ambas em fase de finalização.

A prefeita Suzana Ramos destacou o empenho da gestão em promover comodidade e condições dignas para o público-alvo do programa. “As obras estão sendo realizadas com muita dedicação, carinho e atenção aos detalhes para cada necessidade das famílias. Tenho muita alegria em ver a mudança acontecendo com as pessoas que mais precisam, é nisso que estamos empenhados”, comemorou.

O gestor da pasta de Obras, Anderson Freire detalhou as adaptações que estão sendo realizadas nos imóveis. “As estruturas recebem implantação de piso antiderrapante, ampliação de banheiros com bases de apoio, além de melhoria na estrutura, pintura e instalações elétricas. As residências são adaptadas complementarmente para atender o bem-estar da família, e é com muita atenção que vamos entregar estas casas em breve”, enfatizou Freire.

Felicidade

A mãe da pequena Marimel Monize Cabral Lima da Mota, a senhora Maria Cabral de Lima, está na expectativa para receber a sua residência adaptada no Dom José Rodrigues. “Essa reforma é muito importante para nós, principalmente por causa de Marimel que vai ter mais espaço para ela andar, já que o problema dela é mais neurológico. Nós estamos muito ansiosos, a casa está muito bonita e vai ser uma felicidade”, comemorou.

Moradora do NH3 em Itamotinga, Izabel Cristina Martins Gomes, ressalta que a mobilidade de sua filha, Emilly Ester Martins, vai melhorar muito. “A felicidade é imensa, porque irá mudar praticamente todos os aspectos dentro de casa. Essa reforma vai melhorar muito a movimentação da minha filha”, disse.