ASCOM PMJ

Os caminhões-pipa da prefeitura percorrem longas distâncias até as comunidades mais distantes do interior de Juazeiro, como o distrito de Itamotinga, que fica a 72km do centro da cidade, levando água e esperança renovada para famílias de povoados como Cacimba do Silva, Monte Alegre e Sítio Sacramento, onde a rede de abastecimento de água ainda não chegou. Minimizar os efeitos da estiagem na zona rural é a palavra de ordem da Prefeitura de Juazeiro, que  através da Defesa Civil, montou uma força-tarefa e tem levado água potável para milhares de pessoas.

Nesta quinta-feira (18), a emoção, em forma de água, chegou para três famílias que residem nessas localidades e estão satisfeitas com as ações. Os caminhões são abastecidos  com a água que é tratada pelo Serviço de Água e Saneamento Ambiental (SAAE). O serviço que atualmente é realizado pela Prefeitura de Juazeiro é, na verdade, uma responsabilidade do Exército, que coordena a ‘Operação Carro-Pipa’, financiada pelo Governo Federal.

“O programa voltou a funcionar em setembro, e estava parado desde janeiro, em Itamotinga e Maniçoba. A prefeita Suzana Ramos pediu atenção especial para a população da zona rural, uma vez que o número de carros-pipa liberados pelo Exército, que são apenas 2 para essa região, não atende a necessidade dessas comunidades. Acrescentamos mais 6 carros-pipa, e esse serviço está sendo executado com recursos próprios do município”, explica o coordenador da Defesa Civil, Ramiro Cordeiro.

Cisternas cheias

Na Fazenda Sacramento ll, sem a operação do Exército e sem chuvas, mais de 20 famílias chegaram a ficar até 6 meses com suas cisternas vazias, como diz a Dona Dôra Dourado. “Graças a Deus nunca mais faltou água em minha casa, e estou muito grata à Prefeitura de Juazeiro, que tem enviado a Defesa Civil para manter a nossa cisterna sempre cheia. Uma atenção com a gente, que só temos que agradecer mesmo”, celebra a dona de casa.

A água, antes compartilhada, que vinha do Sítio Sacramento, chegou na casa da Dona Ivete Dias Silva, que mora em Monte Alegre. “Antes, a gente colocava o almoço no fogo ao meio dia, porque íamos a pé buscar água na vizinhança, que mal tinha para eles. Carregava água no barril para lavar roupa, cozinhar, pra tudo. Hoje, a gente tá feliz, temos água em casa”, relata ela aos risos.

Atualmente, os caminhões-pipa estão trabalhando de segunda a sexta, em todo o interior. Além de Itamotinga, são atendidos Salitre, Pinhões, Juremal e Massaroca. “

Só em Itamotinga são entregues 40 carradas por semana, para conseguir atender a todos. Mais de 300 famílias são atendidas por essa operação. Estamos muito felizes com estes resultados”, finalizou o coordenador da Defesa Civil, Ramiro Cordeiro.