Ascom/PMP

Em Petrolina, a prefeitura tem empreendido esforços para localizar, cadastrar e oferecer assistência às pessoas em situação de rua da cidade. Nesta sexta-feira (22), equipes da Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos mais uma vez, saíram às ruas da cidade numa operação de busca que envolve tanto os técnicos da assistência social quanto profissionais do Consultório na Rua.

De acordo com a gestora da pasta, Gláucia Andrade, é necessário conhecer o perfil das pessoas em situação de rua para que a prefeitura possa planejar os sistemas de atenção e atendimento que contemplem todas as necessidades desse público. “São pessoas com realidades distintas e cada uma traz uma história diferente. Por isso, nós precisamos, primeiramente, entender a situação que levou essas pessoas às ruas para que assim possamos encaminhá-lo ao melhor atendimento, seja ele, no campo da assistência social, psicológica ou de saúde”, explica.

A ideia principal é conhecer este público e encaminhá-lo aos serviços oferecidos pela prefeitura como Restaurante Popular, Centro Pop, Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas) ou até mesmo o abrigo noturno montado no Ginásio Osvaldo do Flamengo durante a pandemia.

No local organizado pela prefeitura, o público pode fazer a higienização pessoal e ter uma noite tranquila de sono. Eles também têm acesso a quatro refeições diárias, sendo três fornecidas no Restaurante Popular e a última no próprio abrigo. O abrigo deverá funcionar com horário de entrada das 18h às 19h, com saída a partir das 6h.

Canal de comunicação – Além de intensificar as ações de busca ativa nas ruas, a prefeitura também criou um canal no qual a população pode comunicar pontos em que podem ser encontradas pessoas em situação de rua. Qualquer cidadão que deseje acionar os serviços da assistência social do município pode e deve acionar as equipes através do número, exclusivo, de whatsapp (87) 98838-7979.