Da Redação

Após novas negociações, a Prefeitura do Rio de Janeiro, que havia vetado, voltou atrás e cedeu à pressão da Conmebol, liberou a presença de torcedores na final da Copa América entre Brasil e Argentina, neste sábado, às 21 horas, no Maracanã.

De acordo com o anunciado, 10% da capacidade do estádio será liberada para receber convidados, autoridades e familiares de jogadores, todos devidamente imunizados. O Maracanã tem capacidade para 78 mil pessoas.

A Conmebol será responsável por fazer os testes de Covid-19 em todos os que tiverem acesso ao estádio, dentro de 49 horas anteriores à partida. Aquele que testar positivo não terá acesso.

A prefeitura do Rio de Janeiro informou que liberação acontece em caráter excepcional: a presença dos torcedores ficará limitada a 10% da capacidade de cada setor do estádio, que tem capacidade para 78 mil pessoas. O público, sentado, deverá respeitar um espaçamento mínimo de dois metros entre cada pessoa ou família.

Com informações do GE