Pausa forçada do estadual coloca clube numa situação financeira delicada

Da Redação - Com informações da TV Grande Rio

Os clubes grandes do futebol nacional já sentem o impacto financeiro causado pela pausa dos campeonatos por conta do novo coronavírus. A situação não seria diferente nas equipes menores.

Nos clubes pequenos o baque é ainda maior. O Petrolina, mesmo com apoio de R$ 10 mil da Federação Pernambucana de Futebol (FPF) já analisa não disputar mais a competição estadual caso o calendário seja retomado.

“O medo que a gente tem é em relação a Federação. Em caso do Petrolina voltando, o campeonato voltando, eles não podem aceitar o time sub-20 todo. Infelizmente, a gente não teria time para participar do campeonato. O risco seria a gente ser penalizado e o ano que vem não tem solução de jogar a Série A do Pernambucano“, disse.