ASCOM

Com a gestão Suzana Ramos, o Procon Juazeiro foi reformulado e desde a retomada das atividades em março deste ano, a procura pelos serviços do órgão de defesa do consumidor na cidade vem crescendo.

De acordo com o balanço divulgado, de março até o momento, quase 500 atendimentos foram realizados na unidade, 132 processos administrativos estão em curso e 368 casos foram resolvidos amigavelmente, sem a necessidade de encaminhar o processo para o Poder Judiciário. As queixas mais recorrentes dos consumidores que buscam o serviço do Procon municipal são empréstimos fraudulentos não autorizados na aposentadoria, produtos defeituosos (celulares) e reembolso de passagens aéreas.

Para o diretor do Procon de Juazeiro, Ricardo Penalva, a ampliação dos atendimentos em pouco tempo é resultado da melhoria na estrutura da unidade e na capacitação dos servidores. “O Procon de Juazeiro nunca esteve tão preparado para cumprir suas funções como agora. Na gestão da prefeita Suzana Ramos, fomos contemplados com mais funcionários, mais salas, mais equipamentos e até um veículo próprio, para realizarmos nossas fiscalizações, estrutura esta que não tínhamos. Um verdadeiro avanço para a defesa de nossos consumidores”, ressaltou Penalva.

O que se pode reclamar no Procon?

Tendo problemas na aquisição de um produto ou na contratação de prestação de serviços, o consumidor tem direito de reclamar e pode procurar o Procon para solicitar ajuda. O Procon Juazeiro funciona no prédio comercial da Praça Barão do Rio Branco, próximo ao Paço Municipal, das 8h às 14h. Os telefones para contato são (74) 3613-4523/ 3612-6239/ 3612-4634.

“O Procon de Juazeiro se tornou um órgão indispensável para nossa cidade, tendo em vista ser o responsável por intermediar os conflitos existentes entre consumidores e fornecedores, aplicando a lei ao caso concreto e fazendo valer os direitos existentes no Código de Defesa do Consumidor e demais normas correlatas”, frisou Ricardo Penalva.