Produtores de uvas do Vale do São Francisco vão ampliar exportações para os Estados Unidos

0
136

Por Carlos Laerte / Clas Comunicação

As consequências do furacão Hilary, que atingiu os Estados Unidos no mês passado, com chuvas que comprometeram a produção de frutas, abriram novos horizontes para os produtores de uvas do Vale do São Francisco.

Com a perspectiva de um aumento da ordem de 35% em relação a última grande safra, em 2021, quando o Vale exportou para os EUA, 14. 39 mil toneladas da fruta, os produtores se reuniram em Petrolina – PE, na manhã desta quarta-feira (6), com representantes do Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa).

Durante o encontro, no Sindicato dos Produtores Rurais de Petrolina (SPR), fruticultores e representantes do governo federal, reconheceram que faltam auditores fiscais federais agropecuários para analisar e liberar as frutas e temem até ‘um colapso’ nas exportações. O auditor fiscal, Antônio Romão Almeida, citou um levantamento do Anffa Sindical, no qual existem hoje 1,2 mil cargos vagos da carreira, ou seja, que poderiam, de imediato, ser preenchidos com o chamamento de novos servidores. A entidade está aguardando ainda uma resposta positiva do Governo Federal quanto à realização do concurso público anunciado em junho deste ano.

De acordo com o presidente do Sindicato dos Produtores Rurais de Petrolina, Jailson Lira, os clientes americanos já estão sinalizando com preços bastante atrativos e adiantando os pedidos da fruta visando o abastecimento das redes de supermercados para os meses de novembro, dezembro e janeiro do ano que vem.

“Temos 21 empresas credenciadas para exportação visando o mercado americano e já estamos prontos também para o pleno atendimento à fiscalização exigida pelo Departamento de Agricultura dos EUA, principalmente no que diz respeito ao tratamento de frio, da temperatura dos palites e no estufamento e lacramento dos containers”, concluiu Jailson Lira, acrescentando ainda que o Vale do São Francisco responde por 95% de toda a exportação de uva produzida no Brasil.