Texto: Maria Akemi - Foto: Carlos Humberto/Agência CH

O futebol chegou ao Congresso Nacional. Com o calendário paralisado, devido à pandemia do novo coronavírus, os deputados federais propuseram um Projeto de Lei em caráter de urgência, para mudar temporariamente algumas medidas voltadas aos clubes do país.

A iniciativa de Hélio Leite (DEM-PA) e Arthur Oliveira Maia (DEM-BA), prevê a suspensão temporária, de até 180 dias após o fim da pandemia, do pagamento parcelado de dívidas através do Programa de Modernização da Gestão e de Responsabilidade Fiscal do Futebol Brasileiro (PROFUT).

Outro ponto do PL é o não pagamento dos impostos por parte das entidades desportivas. A sugere ainda ajuda aos clubes devedores, como o corte pela metade sobre os juros, futuramente acrescidos.

O projeto precisa ser aprovado e sancionado pelo presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido) para ter validade.