Que o Vitória não se engane com a cor da chita

Falôôô... A opinião de Jota Jota

O Vitoria retorna a campo nesta terça-feira 30, jogando em Florianópolis contra o Figueirense, pela Série B, time que no momento enfrenta uma crise bem mais profunda por que vem passando o rubro negro baiano.

Mesmo sem os jogadores treinarem, do técnico Henderson Maria ter pedido demissão nesta segunda-feira 29, e os jogadores só se apresentarem na hora do jogo, o Vitoria que não se iluda com o tradicional, “já ganhou”, ou mesmo “vai ser fácil”. Quando a situação está deveras difícil, é que o grupo se desdobra, para mostrar que diferentemente da diretoria, eles cumprem com suas obrigações na hora dos três pontos.

Os comandados de Loss vão se deparar com um grupo ferido, que só viram dinheiro por uma vaquinha feita pelos torcedores, e que estarão em campo por eles, torcedores. Mesmo com o psicológico abatido, os adversários são profissionais e responsáveis. É por isso que a partida deve ser encarada como uma das mais difíceis deste primeiro turno, dadas as circunstâncias que a cercam, e objetivos a serem conquistados.

Vindo de um bom resultado diante da Ponte Preta, o Vitoria quer dar uma sequência para a sua recuperação, este fora o desejo mostrado pelos atletas, em suas entrevistas, embora do outro lado, em situação mais dura, esteja um adversário, que precisa mostrar seu valor, para que os maus dirigentes do Figueira, cumpram com suas obrigações. Um jogo para pirão, onde o tempero vai ter que ser de qualidade. e farinha pouca, no meu pirão primeiro.

Portanto, é importante que o Vitoria não se vanglorie do momento ruim do adversário, para que ao final dos 90 minutos, não tenha se enganado com a cor da CHITA.

#PRONTOFALEI.