Importância Nutricional do Cará-da-Costa

Diferente do que muita gente pensa, o cará é uma coisa e o inhame é outro. Ambos são comumente confundidos, já que em alguns países o cará também leve esse nome. Ambos são tubérculos, ricos em muitos nutrientes e também em carboidratos. O inhame tem um formato mais comprido e possui os pêlos menores. Já o cará é mais redondo e os seus pêlos são mais escuros e longos. Pode ser usado como substituto da batata inglesa, a mandioca e outros alimentos similares. Possui vários benefícios para o organismo, é uma ótima fonte de vitaminas do complexo B, principalmente a B6 e B9. É um carboidrato complexo, o que significa que fornece energia aos poucos para o corpo. Além disso, possui: Proteína; Lipídeos; Carboidratos; Potássio; Fósforo; Magnésio; Cálcio; Fibras; Calorias; e Vitamina C. Dá para fazer muita sopa, purê, massas, cremes e, para quem peca, até eventuais friturinhas, de preferência com óleo de canola. Esquenta o frio e a alma!

Receita de Cará-da-Costa Assado

Ingredientes

1 unidade cará grande (cerca de 600 g)
60g de manteiga
2 colheres (de sobremesa) de sobremesa de ervas picadas (salsa, tomilho, cebolinha)
sal a gosto

Modo de preparo

Embrulhe o cará com a casca no papel-alumínio e asse em forno a 250ºC por uma hora. Derreta a manteiga em fogo baixo, adicione as ervas e mexa até que comece a escurecer. Desligue o fogo, junte o sal. Desembrulhe o cará, coloque-o numa tábua, parta ao meio no comprimento. Faça alguns rasgos com a faca e regue com a manteiga de ervas. Sirva como acompanhamento.